MP pede que ex-professor denunciado por assédio sexual contra alunas pague R$ 150 mil por danos morais

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) informou, nesta sexta-feira (7), que ajuizou uma ação civil pública contra o ex-professor da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) Alex Sandro Macedo Almeida, alvo de denúncia de assédio sexual contra alunas da instituição no final do ano passado. O órgão pede à Justiça que o ex-professor seja condenado a ressarcir a instituição de ensino em R$ 150 mil.

O MP informou que a ação movida é por ato de improbidade administrativa cumulada com pedido de danos morais e de indisponibilidade de bens, em caráter liminar. O docente tinha o cargo de professor assistente, lotado no Departamento de Ciências Humanas, no campus de Eunápolis, região sul da Bahia.

Na ação, o promotor de Justiça Dinalmari Mendonça Messias pede à Justiça ainda pede que o ex-professor tenha seus direitos políticos suspensos de três a cinco anos. A Justiça podem acatar ou não o pedido do MP.

O promotor considerou que o comportamento de Alex Sandro é "incompatível com a dignidade do cargo" e classificou as conduta como "gravíssimas".

Demissão


MP pede que ex-professor denunciado por assédio sexual contra alunas pague R$ 150 mil por danos morais  MP pede que ex-professor denunciado por assédio sexual contra alunas pague R$ 150 mil por danos morais Revisado by CM on sábado, julho 08, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

SEJA UM OPERADOR DE COLHEITADEIRA: VAGAS LIMITADAS