Nota de falecimento

Será cremado às 11h30m da manhã desta sexta-feira (21), no Jardim da Saudade, em Salvador, o corpo do delegado de Polícia aposentado Antônio Medrado, que  faleceu, aos 80 anos,  no início da tarde de ontem (20), em Érico Cardoso, vítima de um enfarte fulminante.

Nascido em Paramirim, em 11 de abril de 1937, Medrado se diplomou em Direito pela Universidade Católica do Salvador, em 1962, e já em 1967, após um breve período integrando o departamento jurídico da Petrobras, ingressou nos quadros da Polícia Civil.

Ético, líder e dono de uma extraordinária oratória, exerceu os cargos mais importantes da instituição, inclusive o de superintendente – o equivalente hoje ao de delegado-geral – de 1977 a 1979, durante o governo Roberto Santos e tendo o coronel Luiz Arthur de Carvalho, como titular da Secretaria da Segurança Pública. Foi também diretor do Departamento de Polícia Técnica (DPT), da Divisão de Polícia da Capital (DPC), atual Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), do Departamento de Polícia do Interior (Depin) e da Academia da Polícia Civil (Acadepol), além de atuante presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia (Adpeb).

Ainda estudante, no início dos anos 60 do século passado, jogou futebol pelo Vitória, destacando-se como vigoroso zagueiro central, ao lado do lendário Roberto Rebouças, com quem formou uma respeitável dupla desde o time de aspirantes. Abandonou os gramados em 1964, voltando ao clube 10 anos depois como dirigente, ocupando a vice-presidência de futebol.

Medrado foi prefeito de Érico Cardoso, antiga Água Quente (1989 a 1992), juiz do Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Baiana de Futebol e atuou, como jornalista esportivo, nos primeiros anos da ‘Tv Aratu’ – programa no ‘Campo do Quatro’ – e no seminário ‘Equipe’, de curta duração.

Assessoria de Comunicação
Secretaria da Segurança Pública da Bahia
Nota de falecimento  Nota de falecimento Revisado by CM on sexta-feira, julho 21, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

SEJA UM OPERADOR DE COLHEITADEIRA: VAGAS LIMITADAS