“Vamos recorrer”, diz Caetano sobre perda de mandato político

O deputado federal Luiz Caetano (PT) contestou a decisão da 1ª Vara da Fazenda Pública da Camaçari, que determinou, no último dia 5, a perda da sua função pública, suspensão dos direitos políticos pelo período de cinco anos e proibição de contratar com o poder público. O petista declarou, por meio de nota, que irá recorrer da decisão.

“Iremos recorrer contra essa decisão. Acho que, nos últimos cinco anos, essa é quarta vez que surgem fatos apontando inelegibilidade, em todos os casos, nós recorremos e conseguimos reverter. Vamos recorrer ao Tribunal de Justiça e, se for necessário, iremos até outras instâncias superiores”, disse Caetano.

A sanção imposta ao petista resulta de uma ação civil por ato de improbidade administrativa ingressada pelo Ministério Público Estadual em 2010 depois que aprovados em concurso público para o cargo de procurador jurídico reclamaram que Caetano, então prefeito da cidade, teria descumprido a lei municipal que tratava da criação de cargos para a Procuradoria Jurídica.
Segundo o Ministério Público, os aprovados para as seis vagas oferecidas não foram nomeados porque Caetano manteve procuradores jurídicos em cargos comissionados na Procuradoria Municipal.
“Vamos recorrer”, diz Caetano sobre perda de mandato político “Vamos recorrer”, diz Caetano sobre perda de mandato político Revisado by CM on domingo, julho 09, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

SEJA UM OPERADOR DE COLHEITADEIRA: VAGAS LIMITADAS