A SINTONIA DE DOIS ESTADOS

        
  Artigo - Adriano Amarante – Diretor Aprocom Brasil

No dia 12 de agosto de 2016, a região Oeste no interior da Bahia teve a honra de ter a palestra Alternativas para a superação da crise brasileira com o govenador de Goiás Marconi Perillo. A convite da Universidade de Harvard e do Massachusetts Institute of Technology (MIT), Cambridge (Massachusetts, nos Estados Unidos) o governador Marconi Perillo apresentou esta mesma palestra, mostrando alternativas para o desenvolvimento do Brasil, por meio de sua experiência na administração de Goiás pela quarta vez. Com sua forma moderna e arrojada de administrar, Goiás foi considerado o estado em primeiro lugar a superar a crise econômica, com a implantação do Consórcio Brasil Central. O consórcio é presidido por ele pela segunda vez consecutiva e reúne governadores de sete estados brasileiros.

No mês de Maio de 2011 a assembleia legislativa da Bahia concedeu o título de cidadão Baiano ao Governador Marconi Perillo, o que aproxima muito o gestor goiano aos baianos, Goiás estado que faz divisa com a Bahia, vizinho do oeste baiano e fixado no coração do Brasil, com sua pujança na administração pública estadual, vem conquistando a confiança dos investidores Brasileiros e estrangeiros atualmente, tem um dos maiores polos industriais do país e com novas ideologias racionais neste século XXI Goiás será o estado vitrine para o Brasil. Se um estado tem à frente um gestor visionário, amigo, parceiro e humano tende a andar sempre no caminho do sucesso, do desenvolvimento e da união.  Independentemente de partido político, Marconi Perillo faz de Goiás um estado republicano com um povo amigo um estado que vem criando raízes na vida dos Brasileiros com artistas na música, esporte, cultura e terá ainda este ano uma Goiana arretada à frente da PGR (Procuradoria Geral da República). Parabéns ao Governador Marconi Perillo pela dedicação e compromisso com o bem público.

A região oeste da Bahia hoje considerada região fortemente abençoada no escoamento de grãos do estado da Bahia,  corrobora presencialmente no crescimento econômico do País. A honrosa visita do Governador de Goiás foi vista com bons olhos no meio empresarial e político. É visível que nos últimos 12 meses o governo do estado da Bahia vem criando um vínculo mais próximo com a região Oeste, prometendo obras, projetos e convênios. A visita do Governador Rui Costa é continua na região Oeste coisa jamais vista pelo seu povo; o discurso do Governador da Bahia é visivelmente claro que existe um peso na consciência, passou da hora de termos um governo cordialmente humano, parceiro, comprometido com a agenda do desenvolvimento do estado em conjunto com a modernidade pública/privada. É preciso deixa claro que o oeste da Bahia tem um valor inestimável, região rica, com suas belezas naturais, cachoeiras de aguas cristalinas, montanhas rochosas, economia sustentável, povo guerreiro e mão de obra de qualidade.

Tudo começou na Bahia, terra de todos os santos, estado querido e amado por todos brasileiros, mas, infelizmente vem levando a administração pública em banho–maria. O tempo passou e a Bahia ficou para trás de muitos estados hoje organizados e bem mais desenvolvidos. É preciso para ontem de um corpo político renovado com boas ideologias e intenções. O povo baiano precisa se conscientizar que não é o populismo que vai mudar o nosso estado, entender que é preciso ser rigoroso e muito exigente na hora de dar seu voto de confiança. Faço uma colocação clara e bem racional que o voto não é nada menos é, do que você (eleitor) dar uma procuração e pública para seu candidato administrar sua vida e a vida de sua família, com seu voto ele tem o poder de dar ou tirar a segurança, saúde, educação, infraestrutura e levar conhecimento e oportunidades para você e sua família. Pense nisso, vamos ser exigentes e acreditar que unidos temos chances de mudar este quadro negativo.

O Brasil e seu povo está acima de tudo e abaixo de Deus. Nesta terra querida, ainda há bons homens e mulheres para ocupar postos de compromisso com a sociedade. Tenha convicção, escolha a pessoa certa sempre. Nos regimes democráticos, o grande juiz dos governantes é o próprio povo. Representar o povo, significa, interpretar e exprimir o sentido ético dominante diante de ato de abuso ou de traição da confiança. A suprema prevaricação que podem cometer os representantes do povo, consiste em atuar sob pressão de influências espúrias ou para satisfação de interesses pessoais ou partidários. Em suma, a nação precisa de homens éticos e comprometidos com a moralidade política.

                  
A SINTONIA DE DOIS ESTADOS A SINTONIA DE DOIS ESTADOS Revisado by CM on quarta-feira, agosto 16, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

SEJA UM OPERADOR DE COLHEITADEIRA: VAGAS LIMITADAS