Dinheiro do Bolsa Família está bloqueado para quase 58 mil baianos

O dinheiro do programa Bolsa Família está bloqueado para quase 58 mil baianos, segundo informações do Ministério do Desenvolvimento Social. Ainda segundo a pasta, o bloqueio atinge beneficiários que apresentaram problemas no cadastro e que não atenderam ao chamado para regularizar a situação. No estado, cerca de 3 milhões de famílias estão cadastradas no programa.

Periodicamente, os beneficiários são chamados para prestar informações sobre o cadastro. Eles são dividos em grupos, cada um diz respeito a uma situação, como revisão, atualização cadastral e averiguação. Ao todo, são oito grupos. Dessa vez, quatro grupos foram chamados com uma mesma data limite e, por isso, uma multidão foi à Secretaria Municipal de Promoção Social (Semps) nesta quinta-feira (17).

Entre os beneficiários que tiveram o dinheiro bloqueado está a dona de casa Eliana dos Santos. No cadastro consta que o marido passou a trabalhar com carteira assinada e, por isso, ela perdeu o benefício. O problema é que o marido saiu de casa há dois meses e ela está sem dinheiro para sustentar os dois filhos pequenos.

"Tenho dois meses com dinheiro bloqueado. Eu sou sozinha, cuidando da casa e dos meninos e dependendo da ajuda dos outros", contou.

Pendências na atualização do cadastro e averiguação, como subdeclaração de renda, que é quando alguém da família passa a trabalhar com carteira assinada, são as situações que mais levam ao bloqueio do Bolsa Família.

A ausência dos filhos na escola também é outro fator que leva ao bloqueio. Isso porque na regra para se manter no programa, a frequência exigida é de 75% a 80%, dependendo da faixa etária. Nesses casos, os pais podem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) para buscar ajuda. Conforme Leandra Adelino, chefe do setor de acompanhamento do Bolsa Família, alguns problemas podem causar a falta às aulas ou até mesmo o abandono escolar. Por isso é necessário procurar o Cras.

"Pode ser até uma questão de problema de visão, que a família não se deu conta. De repende está tendo uma dificuldade. Pode ser uma questão de déficit de atenção, pode ser questões relacionadas à segurança da escola, tráfico, bullying", explica Leandra.

Em Salvador, dos 183 mil beneficiários, quase cinco mil estão sem receber o dinheiro. Um problema que a dona de casa Sônia Sales enfrenta há um ano, quando a filha dela morreu e por isso, o benefício foi suspenso. O dinheiro faz falta na criação dos dois netos. "A moça me falou ali que ainda não está liberado, mas vai liberar", disse Sônia, aliviada.
Dinheiro do Bolsa Família está bloqueado para quase 58 mil baianos Dinheiro do Bolsa Família está bloqueado para quase 58 mil baianos Revisado by CM on sexta-feira, agosto 18, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

SEJA UM OPERADOR DE COLHEITADEIRA: VAGAS LIMITADAS