Mulher é acusada de passar cheque sem fundo e de ameaçar cidadão em LEM

Na manhã desta terça-feira, 29, dois funcionários de uma empresa de cosméticos compareceram na delegacia de polícia para prestarem queixa contra uma mulher proprietária de um bar na Praça Ayrton Senna, no bairro Santa Cruz, em Luís Eduardo Magalhães.
Segundo informações dos funcionários, a mulher teria realizado pagamento com um cheque sem fundo no valor de R$ 650, mais uma quantia em dinheiro de R$ 50 reais para compra dos cosméticos.
Um dos funcionários que recebeu o cheque sem fundo teve que desembolsar o dinheiro de seu bolso. Ao tentar cobrar a mulher o valor do cheque, o funcionário recebeu ameaças. Agora a mulher vai ser intimada a comparecer na delegacia de polícia e prestar depoimento perante o delegado Leonardo Almeida.

Blog do Sigivilares
Mulher é acusada de passar cheque sem fundo e de ameaçar cidadão em LEM Mulher é acusada de passar cheque sem fundo e de ameaçar cidadão em LEM Revisado by CM on terça-feira, agosto 29, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

SEJA UM OPERADOR DE COLHEITADEIRA: VAGAS LIMITADAS