Maduro quer criação de coelhos para combater fome na Venezuela

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, defendeu em discurso televisionado nesta sexta-feira (15) que os coelhos podem ser a saída para a crise alimentar que enfrenta o país latino.

Maduro disse que decidiu lançar o "plano coelho" para fornecer "bem-estar" e "proteína" para a Venezuela. A criação de cabras também será incentivada, segundo o mandatário.

"Existe um problema cultural porque fomos ensinados que coelhos são animais fofos", disse o ministro de agricultura urbana Freddy Bernal. "Um coelho não é um animal de estimação. São dois quilos e meio de carne com alto valor de proteínas e sem colesterol".

O consumo de carne de coelho é uma prática comum na Europa.

O líder da oposição Henrique Capriles questionou a proposta. "Está é uma piada de mal gosto. Vocês, do Governo, acreditam que os venezuelanos são estúpidos? Não somos", disse.

Já Maduro rebateu as críticas ao dizer que trata-se de uma "manipulação daqueles que não capazes de dar uma ideia". Para ele, a Venezuela é vítima de uma "guerra econômica" por parte de seus adversários e alimentada pelas recentes sanções determinadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Com informações do Sputnik News.
Maduro quer criação de coelhos para combater fome na Venezuela Maduro quer criação de coelhos para combater fome na Venezuela Revisado by CM on sábado, setembro 16, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

SEJA UM OPERADOR DE COLHEITADEIRA: VAGAS LIMITADAS