Ministério Público denuncia 23 pessoas por pirâmide iniciada em Itabuna

 A Promotoria de Justiça Criminal de Sapiranga, no Rio Grande do Sul, apresentou à Justiça denúncia contra 23 pessoas por organização criminosa, crime contra economia popular, lavagem de dinheiro e estelionato de 26 vítimas já identificadas. 

De acordo com promotor de Justiça Sérgio Cunha de Aguiar Filho, o esquema de pirâmide era chefiado por Danilo Santana, de Itabuna. Ele teve a prisão preventiva decretada e é considerado foragido. 

Segundo ação movida pelo Ministério Público,  Danilo tinha como um dos braços direitos um empresário de Sapiranga, conhecido como ‘Cara dos Camaros’, porque ostentava veículos caros para demonstrar que o negócio era rentável. No grupo de denunciados, estão moradores dos municípios de Novo Hamburgo, Nova Hartz, Campo Bom, Parobé, Porto Alegre, Riozinho, Igrejinha, Rolante e São Leopoldo. 

O Ministério Público explicou que os nomes dos envolvidos não serão informados para não prejudicar o restante das investigações, que prosseguem, em conjunto com a Polícia Civil de Sapiranga, para identificar outras conexões e novas vítimas. Além da ação no âmbito penal, o MP já está tomando providências para o resguardo dos direitos dos consumidores lesados. 

De acordo com o Ministério Público, os denunciados integraram uma organização criminosa, estruturalmente ordenada e caracterizada pela divisão de tarefas para obter lucro a partir da prática de pirâmide em diversas localidades, inclusive fora do país.
*Blog do Pimenta
Ministério Público denuncia 23 pessoas por pirâmide iniciada em Itabuna Ministério Público denuncia 23 pessoas por pirâmide iniciada em Itabuna Revisado by CM on quarta-feira, setembro 13, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

SEJA UM OPERADOR DE COLHEITADEIRA: VAGAS LIMITADAS