MP aponta nepotismo e pede afastamento de secretário e 7 servidores de Jaguarari

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) informou que pediu à Justiça que, de forma liminar, suspenda a nomeação e determine o afastamento de um secretário e de mais sete servidores da prefeitura de Jaguarari, no norte da Bahia, por nepotismo. O pedido foi realizado em ação civil pública por ato de improbidade administrativa ajuizada na terça-feira (17), pelo promotor de Justiça Jair Antônio Silva de Lima. 

O órgão, agora, aguarda decisão judicial, que pode ser favorável ou não ao pedido. A ação é movida contra o prefeito da cidade, Everton Carvalho Rocha, contra o secretário municipal de Obras, João Marques de Melo, e os sete servidores -- seis sobrinhos do secretário e a mulher de um deles, segundo o MP. Segundo o promotor, o prefeito Everton Rocha teria decretado as nomeações como “benefício próprio e também pessoal ao secretário municipal e ao vereador”. 

A ação também aponta que a prefeitura municipal não atendeu a uma recomendação expedida pelo MP, há quatro meses, para que fossem identificados e coibidos os casos de nepotismo. Em definitivo, o órgão pede a condenação de todos por prática de improbidade. O G1 não conseguiu contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Jaguarari e nem com o prefeito, o secretário e os servidores alvos da ação do MP, na noite desta quinta-feira.
MP aponta nepotismo e pede afastamento de secretário e 7 servidores de Jaguarari MP aponta nepotismo e pede afastamento de secretário e 7 servidores de Jaguarari Revisado by CM on sexta-feira, outubro 20, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

BOLICHE A MELHOR OPÇÃO EM DIVERSÃO EM BARREIRAS; Strike&Cia próximo ao Cais e Porto

BOLICHE EM BARREIRAS PRÓXIMO AO CAIS , as pistas e games est ão todas funcionando. Faça sua reserva. Telefone : 77 3613-0502 | 99998-...