Novos partidos, velhos métodos - Blog Barreiras Noticias || Gbahia.com

Novos partidos, velhos métodos

Desde que a Lei dos Partidos Políticos, de 1995, acabou com a obrigatoriedade de constar a palavra partido no nome das agremiações (um resquício da ditadura), somente em 2007 o PFL decidiu virar Democratas. Hoje, das 35 legendas registradas na Justiça Eleitoral, temos, além do DEM, Solidariedade, Rede Sustentabilidade e, mais recentemente, Avante (ex-PTdoB) e Podemos (ex-PTN). E outras mudanças de nome estão a caminho, mas que sempre começam —e acabam ficando— na troca de nomenclatura.

É certo que o eleitor brasileiro há muito já não vota em partido. Mas este movimento que adquiriu força em 2013 a partir da negação da política pela sociedade, provocada pela crise de representatividade que atravessamos, se acentuou nas eleições municipais passadas, com os escândalos de corrupção atingindo as principais siglas. Não à toa tivemos cada vez mais candidatos ocultando suas representações, e outsiders da política sendo eleitos.
A confiança nos partidos foi abaixo. Eles aparecem em último lugar no ranking de prestígio das instituições brasileiras feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). No entanto, é consenso na ciência política que, sem eles, não existe democracia representativa.

Fonte: Folha de S.Paulo
Novos partidos, velhos métodos Novos partidos, velhos métodos Revisado by CM on quarta-feira, outubro 11, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

BOLICHE A MELHOR OPÇÃO EM DIVERSÃO EM BARREIRAS; Strike&Cia próximo ao Cais e Porto

BOLICHE EM BARREIRAS PRÓXIMO AO CAIS , as pistas e games est ão todas funcionando. Faça sua reserva. Telefone : 77 3613-0502 | 99998-...