A energia do amor não deve ser capturada, deve ser vivida livremente para que possa se manifestar

Zeus é o deus soberano do Olimpo, senhor dos céus e dos ares. É um deus imponente e orgulhoso e todos os deuses e mortais lhe devem respeito. É o deus da justiça e da lei, porém moralmente ele deixa a desejar. Pode se sentir insultado com facilidade.

Zeus é absolutamente sensual, muito fácil se apaixonar por alguém como ele. Ele se envolve com deusas e mortais,  sendo muito infiel à deusa Hera,  sua esposa.  Porém Hera mantém seu casamento a qualquer custo. Zeus chega a arriscar seus próprios filhos e amantes para que suas traições não sejam descobertas, mas todos sabem, suas histórias correm pelo Olimpo e pela terra.

É o deus que controla todo o clima, e quando está enfurecido pode ser ouvido através dos raios e trovões que libera em sua raiva, e quando está bem, temos o clima agradável de dias bonitos e prazerosos.

Zeus possui o Raio-Mestre,  a arma mais poderosa do universo.  Quando o alvo é atingido,  vira vapor instantaneamente.  Se aqui nos permitirmos fazer uma analogia, todo esse poder de Zeus convertido no fogo da paixão é absolutamente transformador, pois tudo que ele tocar com sua energia não permanece como antes,  será transformado.  É um deus  que tem uma posição a zelar,  senhor do Olimpo,  com uma esposa que não abre mão da posição de seu casamento. Ser tocada por um deus de tamanha magnitude impõe um saber  de que esse deus  não pertencerá  além do tempo  a uma só pessoa,  sua energia continuará em movimento  passando por vários lugares  e pessoas, tecendo sua história de poder.  Aquela que for tocada  por esse deus  e souber guardar  o silêncio necessário  poderá se beneficiar  da transformação que se efetuará.

Mas, se permitir que essa energia vivida escape do círculo do amor naquele momento, colocará em risco tudo que poderia ser transformado,e o que poderia ter sido absorvido para uma  transformação de construção, poderá virar apenas destruição.

Relacionar-se com um deus de tal personalidade exige equilíbrio entre razão e emoção, o erro começa ao pensar que  poderá segurar para si  uma energia que  não pertence a um só  lugar ou pessoa,  sim, ele mantém sua posição, firme, forte e poderoso, volta sempre ao seu lugar de poder, mas nem todos podem viver esse poder a seu lado.  Podem experimentar desse poder e apreender a transformação que ele proporciona, e a partir daí seguirem renovados, mas não poderão tomar para si tamanha força, ela segue.
Nem tudo ou todos que passam por nossas vidas vêm para permanecer. Muitas vezes vêm para provocar mudanças e seguir.

A energia do amor não deve ser capturada, deve ser vivida livremente para que possa se manifestar, é uma energia que pousa e flui onde deseja e é recebida, e assim realiza a transformação.


 
Silvia Marto
Mitoanalista
A energia do amor não deve ser capturada, deve ser vivida livremente para que possa se manifestar A energia do amor não deve ser capturada, deve ser vivida livremente para que possa se manifestar Revisado by CM on domingo, novembro 26, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

BOLICHE A MELHOR OPÇÃO EM DIVERSÃO EM BARREIRAS; Strike&Cia próximo ao Cais e Porto

BOLICHE EM BARREIRAS PRÓXIMO AO CAIS , as pistas e games estão todas funcionando. Faça sua reserva. Telefone: 77 3613-0502 | 99998-9112 ...