Governo monta força-tarefa para localizar suspeitos de assassinar prefeito em MT - Blog Barreiras Noticias || O Vlog do oeste da Bahia

Governo monta força-tarefa para localizar suspeitos de assassinar prefeito em MT

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT) montou uma força-tarefa no intuito de localizar os suspeitos de assassinar o prefeito de Colniza, distante 1.065 km de Cuiabá, Esvandir Antônio Mendes (PSB). Policiais militares e civis da região foram enviados ao município e fazem buscas pelos suspeitos. Vando, como era conhecido, foi morto a tiros na região central de Colniza, nesta sexta-feira (15).

Em nota, a Sesp-MT afirmou que o governador Pedro Taques e o secretário da pasta, Gustavo Garcia também devem ir até o município para acompanhar as investigações.

De acordo com a Polícia Militar, Esvandir foi abordado por dois suspeitos no momento em que chegava da zona rural. Ele foi perseguidos pelos suspeitos que estavam em um SUV de cor preta.

 O prefeito estava acompanhado do secretário de finanças daquele município, que também foi baleado e está internado numa unidade hospitalar. Ele foi ferido com dois tiros, um na perna e outro nas costas. A situação dele é estável, segundo a PM.

Eles [suspeitos] começaram a a atirar contra o carro. O prefeito tentou fugir por um tempo e, mesmo ferido, conseguiu chegar até um posto de gasolina localizado na entrada da cidade, onde encostou o carro. Os dois foram feridos, mas o prefeito não resistiu", disse ao G1 o coronel da PM Eduardo Henrique de Souza.

O local onde o crime ocorreu foi isolado e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de Juína, a 737 km de Cuiabá, foi acionada para atender a ocorrência. A Polícia Civil deve investigar o caso.

 
Município mais violento

Colniza já foi considerado o município mais violento do país em 2007, segundo levantamento do Mapa da Violência. De acordo com o estudo, a taxa de homicídios em Colniza foi de 165,3 casos a cada 100 mil habitantes.

Em março deste ano, o ex-vereador Élpido da Silva Meira (PR), de 53 anos, também foi assassinado a tiros dentro de casa, em Colniza. Ele foi atingido por disparos no tórax, segundo a Polícia Militar, quando chegava na residência. Nada foi levado da casa pelos suspeitos.

A região de Colniza é conhecida como uma área de conflitos agrários. Em abril deste ano, nove trabalhadores rurais foram assassinados na gleba Taquaruçu do Norte, naquele município. A motivação dos crimes seria a extração de recursos naturais da área.

Prefeitos assassinados

Em 2017, outros três prefeitos foram mortos em circunstâncias semelhantes no Brasil. No Pará, em maio deste ano, Diego Kolling (PSDB), prefeito de Breu Branco, morreu depois de ser atingido por disparos enquanto andava de bicicleta. Quatro foram presos suspeitos de cometerem o crime.

Em julho, o prefeito de Tucuruí, Jones Willian (PMDB), também no Pará, foi baleado e morreu. Ele vistoriava uma operação tapa-buraco, quando dois homens em uma moto o abordaram e atiraram várias vezes. A mãe da vítima chegou a ser presa por envolvimento no assassianto.

Já no estado de Rondônia, o prefeito de Candeias do Jamari, foi assassiando ao chegar em casa. Conforme a polícia, o prefeito estava dentro do próprio carro que levou os tiros de pistola. Seis envolvidos no crime foram presos e devem ser julgados e 2018.
Por G1 MT
Governo monta força-tarefa para localizar suspeitos de assassinar prefeito em MT  Governo monta força-tarefa para localizar suspeitos de assassinar prefeito em MT Revisado by CM on sábado, dezembro 16, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

Benefícios do Mel

Além de ser utilizado como adoçante natural, o mel também pode ser usado para fortalecer o sistema imunológico, melhorar a capacidade dig...