quarta-feira, dezembro 27, 2017

PF investiga Geddel por indícios de lavagem de dinheiro usando maquinário de fazenda

A Polícia Federal abriu outra frente de investigação como desdobramento da Operação Cui Bono?, apurando indícios de lavagem de dinheiro do ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA) por meio do “falso aluguel de maquinário agrícola para suas fazendas”. Segundo informações da Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, os pagamentos que foram incluídos na investigação somam R$ 6,3 milhões de um valor de R$ 7,1 milhões ainda a serem repassados. Uma semana antes da apresentação da denúncia pela procuradora-geral da República Raquel Dodge, o relatório do inquérito sobre o bunker dos R$ 51 milhões foi entregue ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF) pelo agente da PF Arnold Fontes Mascarenhas Neto. De acordo com a apuração, Geddel utilizava a empresa JT Terraplanagens, de propriedade de Valério Sampaio Sousa, apontado como um ‘funcionário informal do ex-ministro para fazer os supostos falsos alugueis de maquinários agrícolas”.
A PF detalha que Geddel é dono de 12 fazendas no interior da Bahia, que totalizam cerca de 9 mil hectares, com valor de R$ 67 milhões. “Apesar dessa alta quantidade, o aluguel de um número elevado de máquinas agrícolas, trabalhando muitas delas por mais de 12 horas diárias, ao longo de mais de três anos toma tal prestação de serviço suspeita à pratica de delitos”, aponta o relatório. (BN)


Fonte: Voz da Bahia

Curta nossa Fan-Page

Postagem em destaque

Veja dica: COMO EVITAR ASSALTO NO SEU NEGOCIO OU COMERCIO

Resumindo com o uso da Maquininha você diminui o contato direto com dinheiro, o que resulta em mais segurança para o seu financeiro. ...