BA: Preso executado em delegacia estava jurado de morte, diz polícia - Blog Barreiras Noticias || O Oeste da Bahia passa por aqui

BA: Preso executado em delegacia estava jurado de morte, diz polícia

Desde que saiu do Conjunto Penal de Jequié, há dois meses, Rosenildo Santos Barbosa não pisou os pés em Cravolândia, sua cidade natal, por medo das ameaças de morte que recebeu. Mas de nada adiantou. Ele foi assassinado a tiros nas dependências da delegacia de Itiruçu (a 339 km de Salvador), onde estava preso em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo. A distância entre as duas cidades é de cerca de 57 km. 

O crime foi cometido por volta das 2h da manhã da segunda-feira, 22, por um homem ainda não identificado. Segundo a delegada Viviane Rosa, delegada substituta de Itiruçu, o suspeito invadiu a unidade policial, rendeu e prendeu o carcereiro em uma cela e executou Rosenildo a tiros. O atirador chegou à delegacia em um carro preto. “O suspeito já chegou à delegacia procurando por Rosenildo. A gente acredita que, pelo menos, duas pessoas participaram do crime, o atirador e mais uma que aguardou no veículo”, afirmou a delegada. 

Jurado de morte
A delegada informou ainda que o atirador usava roupas pretas e tinha o rosto coberto por um brucutu. Rosenildo estava no Conjunto Penal de Jequié por ser apontado como autor de um homicídio. “Recebemos informações de que ele estava jurado de morte em Cravolândia e, por isso, ele não foi para lá quando saiu do Conjunto Penal. As investigações iniciais revelam que essas ameaças tinham relação com esse homicídio”, afirmou a delegada Viviane Rosa.

Vingança
Rosenildo foi preso em Itiruçu, no último domingo, 21, junto com a companheira, Vanderleia dos Santos Farias. O casal foi flagrado com drogas, munições, uma arma de fogo, entre outros objetos. Quando ele foi morto, a mulher estava em outra cela e disse à polícia ter ouvido cinco tiros. “A gente trabalha com a hipótese de o crime ter sido motivado por vingança (por causa do homicídio praticado pela vítima) ou pelo envolvimento dele com o tráfico de drogas, uma queima de arquivo do tráfico”, completou a delegada. ( A Tarde)
BA: Preso executado em delegacia estava jurado de morte, diz polícia BA: Preso executado em delegacia estava jurado de morte, diz polícia Revisado by CM on quarta-feira, janeiro 24, 2018 Classificação: 5

Postagem em destaque

VIDRAÇARIA GLÓRIA - FAÇA SEU ORÇAMENTO SEM COMPROMISSO

Aqui na Vidraçaria Glória você tem preços promocionais todos os dias, o grande diferencial da Vidraçaria Glória é que você pode fazer o...