Chapada: Protestos na região defendem democracia e direito de Lula ser candidato - Blog Barreiras Noticias || Gbahia.com

Chapada: Protestos na região defendem democracia e direito de Lula ser candidato

A região da Chapada Diamantina registrou, nesta terça-feira (23), inúmeras manifestações em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que será julgado em segunda instância, nesta quarta-feira (24), em Porto Alegre, pelo pleno do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). Municípios como Piritiba, Tapiramutá e Andaraí, por exemplo, foram alguns que levaram manifestantes para as ruas ou para as estradas com faixas e palavras de ordem pela absolvição de Lula e o direito dele ser candidato a presidente. A mobilização em Piritiba envolveu cerca de 300 pessoas, em Andaraí, onde trecho da BR-242 foi fechado, e contou com 500 trabalhadores e trabalhadoras. 

Os atos foram organizados pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), com o apoio de associações rurais, parceiros e sindicatos. “Em Piritiba reunimos representantes do MST, da pastoral e membros de sindicatos e movimentos da cidade de Piritiba, além de Tapiramutá, Baixa Grande, Mundo Novo e Miguel Calmon. Tinha um pessoal que era de associações livres das cidades e parceiros dos movimentos. Fizemos uma ação no contorno, na região de Tapiramutá. Uma ação de repúdio ao juiz Sérgio Moro e em defesa do companheiro Lula. Depois seguimos para Piritiba, onde fizemos uma caminhada na cidade. Paramos em frente ao prédio onde funciona o INSS e nos reunimos com o diretor onde a gente reivindicou atenção aos trabalhadores e atenção aos sindicatos”, informa o líder do Movimento do Sem Teto (MSTS), Mourival José de Souza, que esteve com o grupo liderado por Escobar. Os manifestantes seguiram depois a reunião para a frente do Fórum local onde encerraram as atividades por volta das 14h.  

Para a presidente do PT de Boa Vista do Tupim, Iana Fraga, os protestos representam justamente o pensamento do povo que não aceita um julgamento político contra o ex-presidente petista. “As manifestações na Chapada Diamantina, lideradas pelo MST, mas que teve o apoio de diversas lideranças, populares e de todos os diretórios municipais do PT na região foram extremamente importantes para expressar que não aceitaremos a forma como esse julgamento está sendo realizado. 

Um julgamento totalmente político, feito e programado somente para impedir que o presidente Lula concorra às eleições de 2018. Somamos nossas forças a milhares de brasileiros e brasileiras que clamam por justiça, que lutam pela democracia no nosso país, e que querem decidir nas urnas o futuro do Brasil”. 

Em Andaraí, as manifestações começaram logo cedo e foram até às 16h, houve bloqueio de trecho da BR-242 (Posto Coqueiro) e a mobilização defendeu ainda a reforma agrária, os direitos dos trabalhadores e criticou as medidas tomadas pelo governo de Michel Temer, que reduziu políticas sociais e agrárias. “Defendemos que Lula seja candidato. 

Foram mais de 500 pessoas aqui hoje em apoio à democracia. Parabenizo Lula pela sua resistência aos ataques de setores da mídia e do judiciário e parabéns também para a direção do MST pela iniciativa de levar a força da militância para as ruas. Como diz os companheiros, se prenderem Lula vai ter que prender muita gente, estamos firmes”, salienta o vereador de Boa Vista do Tupim, Neto do MST, que participou do protesto em Andaraí. (Jornal da Chapada)
Chapada: Protestos na região defendem democracia e direito de Lula ser candidato Chapada: Protestos na região defendem democracia e direito de Lula ser candidato Revisado by CM on quarta-feira, janeiro 24, 2018 Classificação: 5

Postagem em destaque

Cada vez mais pessoas são vítimas de clonagem de veículos na Bahia

Controle do comércio de placas no estado ainda é deficiente e apresenta brechas para a clandestinidade A Polícia Civil tem realizado co...