Roubo de carga cresce mais de 100% na Bahia - Blog Barreiras Noticias || Gbahia.com

Aulas de música é na Tok & Kant confira:

https://desenbaianos.com.br/

Roubo de carga cresce mais de 100% na Bahia

Reflexo do aumento da criminalidade no estado, o roubo de cargas teve crescimento de 105% em seis anos na Bahia e tem obrigado empresas a destinar até mais de 5% do orçamento anual com segurança. O ritmo segue crescente desde 2011, quando foram registrados 215 casos, chegando a mais que o dobro em 2016, com 441 roubos. Os dados de 2017 ainda não foram concluídos, informou a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Como consequência desses crimes, cresceu também o prejuízo das empresas baianas, de mais de R$ 13,4 milhões em 2011 para R$ 27,6 milhões em 2016 (aumento de 105%), aponta uma pesquisa nacional da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), divulgada ano passado. Na pesquisa, a Bahia, com 1.998 casos entre 2011 e 2016, é o quinto estado onde mais ocorre roubo de cargas no país. Lidera a lista São Paulo (com 49.212 roubos no mesmo período), seguido de Rio de Janeiro (33.240), Minas Gerais (3.987) e Goiás (2.010).

Segundo autoridades policiais, o roubo de cargas na Bahia acorre nas rodovias estaduais, federais e ainda dentro das cidades, e todos os casos (inclusive os que ocorrem nas rodovias) são registrados na Polícia Civil. O delegado titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas em Rodovias (Decarga), Gustavo Coutinho, informou que no estado a rodovia mais visada pelos criminosos é a BR-116 Sul, que vai de Feira de Santana à divisa com Minas Gerais. “As cargas mais visadas são as perecíveis, que podem ser vendidas mais rápido, geralmente elas são repassadas a mercadinhos, os principais receptadores. Outras cargas, como eletrônicos, são vendidas em outros estados”, informou Coutinho.

O delegado da Decarga, que fica centralizada em Feira de Santana, onde está o maior entroncamento de rodovias do Norte e Nordeste, com as BRs 101, 116 e 324, disse que em 60% dos casos de roubo de carga registrados na Bahia há participação dos motoristas de caminhões. “Eles simulam o roubo ou o tombamento.

No caso do tombamento, chegam a tirar antes até 80% da carga e depois registram na polícia a queixa de saque como se tivesse com a carga completa”, afirma o policial.

No dia 5 deste mês, Coutinho apreendeu uma carga de queijos avaliada em cerca de R$ 240 mil reais. Ao todo 17 toneladas do produto foram devolvidas à empresa seguradora. O caminhão saiu de Goiás com destino a um atacadão em Salvador, tendo sido atacado por 12 pessoas às margens da BR-242, em Itaberaba. O grupo transferiu o motorista para um veículo pequeno e levou o caminhão na direção contrária, mas foi rastreado pela seguradora. “Fomos acionados e iniciamos uma operação para recuperar os bens da empresa de laticínios Centro-Oeste”, afirmou o policial. Para tentar despistar o trabalho da polícia, os bandidos quebraram o rastreador.

A carga foi encontrada, na BR-116, próximo ao município de Nova Itarana, mas os criminosos conseguiram escapar ao cerco. Informações sobre eles podem ser repassadas à polícia pelo Disque Denúncia 3235-000 (capital e Região Metropolitana de Salvador) e 181 (interior do estado). (Correio)
Roubo de carga cresce mais de 100% na Bahia Roubo de carga cresce mais de 100% na Bahia Revisado by CM on sábado, janeiro 13, 2018 Classificação: 5

Postagem em destaque

OFERTA DE EMPREGO: PARA TRABALHAR EM BARREIRAS

Contrata-se Contador (a), para trabalhar em Barreiras. Com experiência nas áreas contábil e financeira. Contrata-se Jovem Aprendiz (a) d...