quarta-feira, abril 04, 2018

Rui diz que ação do MP sobre Fonte Nova é ‘copia e cola’

A ação ajuizada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) contra o Estado e o consórcio Fonte Nova Participações (FNP) foi classificada como um “copia e cola” pelo governador Rui Costa (PT). 
O consórcio foi formado pelas empresas Odebrecht e OAS, pelo contrato de Parceria Público-Privada (PPP), e responsável pela demolição, reconstrução e administração da arena. 

Nesta quarta-feira, 04, o petista disse que ‘não tem nenhuma consistência técnica, nenhuma consistência jurídica’ na ação. “Pelo que eu vi na imprensa, é um copia cola da operação [Cartão Vermelho) que foi feita. Isso vai ser provado no devido momento, porque há afirmações que não têm nenhuma consistência. 

Ali não passa por um beabá de qualquer conta, de qualquer raciocínio lógico”, disse Rui, que também atacou o Ministério Público, ao comentar um dos pontos elencados pelos promotores na ação. “Eu não sei quanto o responsável pela Fonte Nova ganha, se é muito, se é pouco. O que sei é que os promotores públicos, como Rita [Tourinho], recebem auxílio-moradia. É ético? É moral? Quem paga esse auxílio-moradia do promotor é o povo da favela, que está morrendo de fome, que não tem onde trabalhar. Então, gente, se é para politizar, vamos politizar”, atacou.

Curta nossa Fan-Page

Postagem em destaque

Veja dica: COMO EVITAR ASSALTO NO SEU NEGOCIO OU COMERCIO

Resumindo com o uso da Maquininha você diminui o contato direto com dinheiro, o que resulta em mais segurança para o seu financeiro. ...