Estudo aponta dificuldade de acesso a dados públicos sobre a capital - Blog Barreiras Noticias || O Vlog do oeste da Bahia

Estudo aponta dificuldade de acesso a dados públicos sobre a capital

Um estudo recente que conta com o apoio do Ministério Público da Bahia (MP-BA) apontou dificuldade de acesso a dados públicos sobre a capital baiana. Salvador ficou no último lugar no ranking do estudo Índice de Dados Abertos para Cidades, que mede o grau de transparência e usabilidade das informações governamentais urbanas disponíveis em plataformas digitais online. 


De acordo com os dados, Salvador apresentou o menor número percentual (5%) de bases de dados abertos entre oito cidades: Belo Horizonte, Brasília, Natal, Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo e Uberlândia. 

A iniciativa conta com o apoio do MP. No total das cidades, 136 bases foram avaliadas e apenas 25% delas foram consideradas de acordo com a definição de dados abertos – definidos como aqueles que qualquer pessoa pode livremente usar, reutilizar e redistribuir. O ‘Índice Salvador’ foi elaborado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e pela organização OpenKnowledge Brasil, em parceria com o Núcleo de Pós-Graduação em Administração da Ufba e com entidades locais da sociedade civil. Na avaliação das bases, foram considerados alguns critérios: se os dados eram completos e detalhados, primários, atuais, acessíveis, processáveis por qualquer computador, livres de licença e formatáveis. 

O estudo considerou informações sobre algumas dimensões de serviços como transporte público, gastos públicos, meio ambiente (qualidade do ar e da água), dados eleitorais, segurança pública, entre outros. Salvador apresentou resultados positivos em estatísticas de criminalidade (85%), dados orçamentários da rede estadual e municipal de educação (90%), dados eleitorais (100%); mas negativos em transporte público (35%), leis municipais (50%) e qualidade do ar (50%). Ao todo, 18 dimensões foram avaliadas. Segundo o pesquisador da Diretoria de Análise Política Pública da FGV, Wagner Oliveira, a avaliação não se refere à prefeitura de Salvador, mas à cidade, incluindo diversas bases de dados. 
Estudo aponta dificuldade de acesso a dados públicos sobre a capital Estudo aponta dificuldade de acesso a dados públicos sobre a capital Revisado by Oeste Politica on sexta-feira, maio 11, 2018 Classificação: 5

Postagem em destaque

Benefícios do Mel

Além de ser utilizado como adoçante natural, o mel também pode ser usado para fortalecer o sistema imunológico, melhorar a capacidade dig...