Greve dos caminhoneiros afeta abastecimento de combustíveis, alimentos e gás de cozinha no interior da Bahia - Blog Barreiras Noticias || O Vlog do oeste da Bahia

Greve dos caminhoneiros afeta abastecimento de combustíveis, alimentos e gás de cozinha no interior da Bahia



Com o protesto de caminhoneiros, que chegou ao quarto dia nesta quinta-feira (24), algumas cidades do interior da Bahia enfrentam escassez de combustíveis, gás de cozinha e de alimentos.

Em muitos municípios, a manhã desta quinta-feira teves postos lotados e muita fila. Em Salvador, estabelecimentos que comercializam combustíveis também ficaram lotados nesta quinta, causando lentidão em algumas das vias da capital baiana, como Avenidas Paralela e Bonocô.

Em Barreiras, no oeste baiano, a maior parte dos postos da cidade já está sem combustíveis. Teve motorista que aguardou cerca de três horas na fila para abastecer o veículo. Em um dos postos, a gasolina acabou nesta quinta-feira e só um bomba funcionava fornecendo etanol e diesel. Quando ainda tinha gasolina em Barreiras, o litro era vendido por R$ 6.

A cidade de Itabuna, no sul da Bahia, também passa por escassez de combustível, o que zerou o estoque de alguns postos.

Já em Juazeiro, no norte do estado, o problema maior não é combustível, e sim gás de cozinha. Isso porque as distribuidoras do produto informaram que só têm estoque de botijões até sexta-feira (24). Com relação à gasolina, os postos da cidade ainda não apresentam escassez e o preço da gasolina, que varia de R$ 4,95 e R$ 4,99, não teve alteração.

Outra situação que ocorre em Juazeiro é a falta de alimentos. O Centro de Abastecimento da cidade, que recebe entre 200 e 250 caminhões por dia, segundo a direção do Mercado Produtor, estava vazio nesta quinta-feira. Houve uma queda de 90% na entrega de produtos, só nesta quinta. Além disso, os produtos estavam mais caros. A saca da batata de 50 kg, por exemplo, que custava R$ 120 estava saindo por R$ 170.

Em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, também houve queda no recebimento de produtos no Centro de Abastecimento da cidade. O valor da saca de batata chegou a subir 120%. Com relação ao combustível, o município também apresenta escassez na maior parte dos postos. Antes mesmo do fim do estoque, a gasolina que custava entre R$ 4,63 e R$ 4,69 saltou para R$5,50.

Greve

Os caminhoneiros estão em greve há quatro dias e protestam, em todo o país, contra a alta no valor do diesel. Nesta quinta, uma manifestação de trabalhadores da categoria na BR-324, deixa o trânsito lento nos dois sentidos da rodovia desde o início da manhã.

O protesto ocorre no km-613, na altura do bairro de Valéria. Uma fila da caminhões está parada às margens da pista, nos dois lados. Apenas carros e ônibus são liberados para passagem. Outros pontos de rodovias federais e estaduais baianas registraram bloqueios.

Uma liminar concedida pela Justiça Federal, na quarta-feira (23), proibiu o bloqueio do tráfego em rodovias baianas de caminhões pertencentes ou contratados por uma empresa de alimentos que ingressou com uma ação por conta dos protestos de caminhoneiros em vias de todos o país contra o aumento do óleo diesel.

A Justiça determinou que seja garantida a passagem dos caminhões e veículos da empresa na BR-020, BR-116, BR-381 e BR-324. A liminar determina que a União, por meio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), garanta o tráfego dos caminhões que circulam por conta e ordem da empresa autora da ação, sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil por caminhão comprovadamente impedido de trafegar.
Por TV Bahia
Greve dos caminhoneiros afeta abastecimento de combustíveis, alimentos e gás de cozinha no interior da Bahia Greve dos caminhoneiros afeta abastecimento de combustíveis, alimentos e gás de cozinha no interior da Bahia Revisado by CM on quinta-feira, maio 24, 2018 Classificação: 5

Postagem em destaque

VIDRAÇARIA GLÓRIA - FAÇA SEU ORÇAMENTO SEM COMPROMISSO

Aqui na Vidraçaria Glória você tem preços promocionais todos os dias, o grande diferencial da Vidraçaria Glória é que você pode fazer o...