quinta-feira, agosto 30, 2018

Ações simultâneas em Itabuna prendem 14 pessoas

Mandados de prisão foram cumpridos no Conjunto Prisional da cidade e em endereços utilizados pela organização criminosa conhecida como 'Raio A'.
Quatorze pessoas ligadas ao tráfico de drogas, a homicídios e a roubos foram localizadas durante a 'Operação 'Nebulosa', realizada, na manhã desta quarta-feira (29), em Itabuna, região Sul do Estado. As ações conjuntas, que contaram com a participação de equipes da Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública, das 6ª e 7ª Coordenadorias Regionais de Polícia Regional do Interior (Itabuna e Ilhéus), do 15º Batalhão (Itabuna) e da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe Cacaueira), aconteceram simultaneamente em diversos bairros e no Conjunto Penal local.

Tiveram mandados de prisão cumpridos 'Tinguelo', 'Diego Babão',  'Quinha Possidônio', 'Binho Possidônio', 'Diego Cabeludo',  'Arque', 'Gordinho' ou  'Jhon Jhon', 'Pica Pau', Washington Luiz , ,'Gil Bolinha',  'Bola',  e  'Zumbi', todos integrantes da organização criminosa 'Raio A', alguns já encarcerados.

Wilson Júnior, 'Juninho' e Edinelha, mãe de Tinguelo, foram presos em flagrante. Com Juninho, estavam 39 porções de cocaína, enquanto na casa de Edinelha, as forças de segurança apreenderam, além de R$ 4,5 mil, dois relógios e dois celulares, uma balança e um pacote com 460 gramas de cocaína. Em poder de Tinguelo, foram achados R$ 1,5 mil.

Durante revista no Conjunto Penal de Itabuna, que teve o apoio da Secretaria de Administração Penitenciária, através dos agentes dos Grupos Especiais de Operações Prisionais de Vitória da Conquista e Ilhéus, foram apreendidos seis cadernetas e anotações da quadrilha, seis facas (cinco artesanais e uma de cozinha), duas tesouras pequenas, celulares danificados, cinco carregadores de celular, cabos USB, fones de ouvido, cartão de memória, correntes, diversas porções de maconha e 55 gramas de uma substância ainda não identificada.

Binho Possidônio, Quinha Possidônio, Diego Babão e Diego Cabeludo, líderes da 'Raio A', investigada há um ano, foram transferidos para o presídio de Segurança Máxima de Serrinha.

Foto: Divulgação SSP

Curta nossa Fan-Page

Postagem em destaque

Veja dica: COMO EVITAR ASSALTO NO SEU NEGOCIO OU COMERCIO

Resumindo com o uso da Maquininha você diminui o contato direto com dinheiro, o que resulta em mais segurança para o seu financeiro. ...