sábado, setembro 29, 2018

Homem que afirma ter levado 6 mil mulheres para cama morre fazendo sexo

O apelido dele era Romeu de Rimini, em referência à província na Itália em que nascera e fizera fama. Maurizio Zanfanti era conhecido como o maior playboy italiano, gabando-se de já ter levado para a cama mais de 6 mil mulheres.

A morte veio na cama. Zanfanti morreu aos 63 anos fazendo sexo com um turista de 23. Ele teve um ataque cardíaco fulminante. Em pânico, a mulher, originária do Leste Europeu, ligou para uma amiga, que chamou uma ambulância. Porém os paramédicos nada puderam fazer.

O italiano dizia que, em apenas um verão, teve relação sexual com 207 mulheres.
Nos jornais italianos, Zanfanti foi reverenciado como um "mito" e um "símbolo da Riviera". Uma publicação chegou a dizer que o playboy "morreu como queria".

O apelido dele era Romeu de Rimini, em referência à província na Itália em que nascera e fizera fama. Maurizio Zanfanti era conhecido como o maior playboy italiano, gabando-se de já ter levado para a cama mais de 6 mil mulheres.

A morte veio na cama. Zanfanti morreu aos 63 anos fazendo sexo com um turista de 23. Ele teve um ataque cardíaco fulminante. Em pânico, a mulher, originária do Leste Europeu, ligou para uma amiga, que chamou uma ambulância. Porém os paramédicos nada puderam fazer.
O italiano dizia que, em apenas um verão, teve relação sexual com 207 mulheres.
Nos jornais italianos, Zanfanti foi reverenciado como um "mito" e um "símbolo da Riviera". Uma publicação chegou a dizer que o playboy "morreu como queria".

Curta nossa Fan-Page

Postagem em destaque

PARABÉNS SÃO DESIDÉRIO