Bahia vai receber a primeira mina de nefelina sienito da América do Sul - Blog Barreiras Noticias || O Vlog do oeste da Bahia

Bahia vai receber a primeira mina de nefelina sienito da América do Sul

A primeira mina de nefelina sienito da América do Sul deverá entrar em operação até o final deste ano, de acordo com o resultado dos trabalhos de pesquisa e prospecção realizados pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), empresa ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) O empreendimento está sendo implantado no município de Itarantim, local onde foi descoberta a jazida de nefelina sienito, com reservas superiores a 50 milhões de toneladas. A nefelina é matéria-prima essencial para as indústrias de vidro e cerâmica e, atualmente, o Brasil importa o insumo de outros países.


O diretor técnico da CBPM, Rafael Avena Neto, ressalta que, com o início de operação da mina, o Brasil passará de mero consumidor de nefelina a exportador. “A implantação de mais este empreendimento comprova a excelência da política de atração de investimento, realizada pela CBPM nos últimos 12, e a vocação da Bahia no segmento mineral”.

Durante assinatura do contrato de arrendamento da área, realizada na última quinta-feira (8) com a B4F Mineração Ltda, empresa genuinamente baiana que fará a exploração da jazida em Itarantim, o presidente da CBPM, Alexandre Brust, falou sobre a importância da implantação na Bahia da primeira mina de nefelina sienito. “Esta conquista é resultado da dedicação e expertise de nossos técnicos e chega para somar a outras de igual relevância para a economia de nosso Estado, como por exemplo a mina de vanádio, instalada em Maracás, única da América do Sul, e com maior teor deste mineral no mundo”.

Investimentos

Com investimentos superiores a R$ 20 milhões, a mina tem capacidade inicial instalada para a produção de 50 mil toneladas de nefelina sienito por ano, com previsão de chegar a 120 mil até o final de 2019. De acordo com o presidente do grupo B4F Mineração, Fernando Cabral, “o empreendimento atenderá a 90% do mercado cerâmico de nefelina do Brasil, além de fornecer matéria-prima para indústrias dos Estados Unidos, México e Espanha”. De acordo com o dirigente da B4F, antes mesmo do início da operação, o empreendimento já emprega 60 pessoas, em sua maioria moradores de Itarantim e região, e, em 2019, completa, serão gerados mais de 100 empregos diretos e 300 indiretos.

Barreiras Notícias / A Tarde
Bahia vai receber a primeira mina de nefelina sienito da América do Sul Bahia vai receber a primeira mina de nefelina sienito da América do Sul Revisado by Oeste Politica on terça-feira, novembro 13, 2018 Classificação: 5

Postagem em destaque

Veja dica: COMO EVITAR ASSALTO NO SEU NEGOCIO OU COMERCIO

Resumindo com o uso da Maquininha você diminui o contato direto com dinheiro, o que resulta em mais segurança para o seu financeiro. ...