segunda-feira, novembro 19, 2018

Brasileiro e presidente do grupo Renault-Nissan é preso no Japão

O presidente do conselho de administração da Nissan Motor Co, Carlos Ghosn, foi preso nesta segunda-feira (19), por promotores de Tóquio por supostas violações financeiras no Japão, de acordo com a emissora pública NHK. 


Ele havia sido afastado de seu cargo pela montadora japonesa, já que uma investigação concluiu que ele declarava renda menor do que deveria.

Ghosn, que também é presidente do conselho e executivo-chefe do Renault da França, concordou em falar voluntariamente com os promotores.

Curta nossa Fan-Page

Postagem em destaque

Veja dica: COMO EVITAR ASSALTO NO SEU NEGOCIO OU COMERCIO

Resumindo com o uso da Maquininha você diminui o contato direto com dinheiro, o que resulta em mais segurança para o seu financeiro. ...