LEM
RIACHÃO DAS NEVES
Justiça de Abadiânia decidirá sobre pedido de prisão de João de Deus - Blog Barreiras Noticias || O Vlog do oeste da Bahia

Justiça de Abadiânia decidirá sobre pedido de prisão de João de Deus

Acusado de abuso sexual, o médium João de Deus corre o risco de ser preso. Após sua tentativa de continuar atendendo nesta quarta-feira (12), o Ministério Público de Goiás apresentou no final da tarde, segundo apurou a Agência Brasil, o pedido de prisão preventiva. Dois promotores responsáveis pela força-tarefa que investiga mais de 200 denúncias contra o médium estiveram no Fórum de Abadiânia. O pedido deve ser analisado pela comarca local.


O advogado de João de Deus, Alberto Toron, disse o seguinte à Agência Brasil: "A informação que nós temos é que efetivamente o MP fez um pedido à Justiça, mas nós não conhecemos o teor desse pedido. Sem conhecer, eu não tenho como me contrapor a ele. Vou para Abadiânia amanhã mesmo ver se eu consigo avaliar esse pedido."

Toron disse ainda ter reafirmado oficialmente às autoridades que seu cliente segue à disposição da Justiça para quaisquer esclarecimentos.

João de Deus é suspeito de abuso sexual contra mulheres e também adolescentes. Ele nega as acusações e se diz inocente. O balanço mais recente do MP-GO é de 206 possíveis vítimas.

O médium goiano também disse nesta quarta-feira que está à disposição da Justiça brasileira. Ele esteve hoje por dez minutos na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO), onde realiza, há 42 anos,  consultas e aconselhamentos espirituais, além das chamadas cirurgias espirituais. Ele chegou e saiu sob aplausos, afirmando estar sem condições de trabalhar. Circularam informações de que o religioso chegou a voar para São Paulo a fim de se aconselhar com Toron. O advogado do médium nega essa informação. "O senhor João de Deus continua em Abadiânia à disposição das autoridades locais", afirmou. 

"Irmãos e minhas queridas irmãs, agradeço a Deus por estar aqui. Quero cumprir a lei brasileira. Estou nas mãos da Justiça. O João de Deus ainda está vivo", declarou o médium.

Barreiras Notícias  /  Agência Brasil
Justiça de Abadiânia decidirá sobre pedido de prisão de João de Deus Justiça de Abadiânia decidirá sobre pedido de prisão de João de Deus Reviewed by Oeste Politica on quinta-feira, dezembro 13, 2018 Rating: 5

Curta nossa Fan-Page