Após promoção, amigo de Bolsonaro passa a ganhar salário de R$ 50.000

A indicação de Carlos Victor Guerra Nagem para a gerência executiva de Inteligência e Segurança Corporativa da Petrobras chamou a atenção hoje (11), após ser oficializada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).
Considerado pelo capitão reformado do Exército como 'amigo particular', Nagem saltou cinco níveis hierárquicos, segundo o site O Antagonista. “Apesar de brilhante currículo, setores da imprensa dizem que é apenas ‘amigo de Bolsonaro’”, escreveu o presidente em uma rede social, após citar novamente o currículo de Nagem, que é empregado da Petrobras há 11 anos.
Embora seja prerrogativa do presidente nomear, a governança corporativa orienta que todos os degraus devem ser percorridos – gerando naturalmente o acúmulo de experiência necessário. Atualmente lotado em Curitiba, Nagem foi indicado pelo novo presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, para a gerência executiva de Segurança e Inteligência Corporativa da estatal, cargo do segundo escalão na hierarquia da empresa, com salário de cerca de R$ 50.000. A companhia defende que o indicado tem currículo adequado ao cargo. (Metro 1)
Após promoção, amigo de Bolsonaro passa a ganhar salário de R$ 50.000 Após promoção, amigo de Bolsonaro passa a ganhar salário de R$ 50.000 Reviewed by CM on sexta-feira, janeiro 11, 2019 Rating: 5

Postagem em destaque

ACABE COM A INADIMPLÊNCIA DA SUA EMPRESA