terça-feira, fevereiro 12, 2019

Goleiro Bruno é condenado por falta grave

Foto : Divulgação/TJ-MG  
Após ser flagrado em um bar com duas mulheres, o goleiro Bruno, condenado pela morte de Eliza Samúdio, perdeu o direito de trabalhar fora da prisão. O atleta também pode ser
transferido para uma prisão de regime mais duro. A decisão da 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais de Varginha (MG), dada ontem (11), considerou que o detento cometeu falta grave ao frequentar o bar e determinou que ele permaneça em regime fechado. Um processo administrativo havia absolvido Bruno pela ida ao bar, mas a decisão judicial prevalece sobre esse entendimento. A defesa do jogador vai entra com recurso. (Metro 1)

Curta nossa Fan-Page

Postagem em destaque

Veja dica: COMO EVITAR ASSALTO NO SEU NEGOCIO OU COMERCIO

Resumindo com o uso da Maquininha você diminui o contato direto com dinheiro, o que resulta em mais segurança para o seu financeiro. ...