sexta-feira, fevereiro 01, 2019

Número de servidores federais expulsos na Bahia aumenta 300% em 2018

Foto: Iano Andrade/Portal Brasil
O número de servidores federais expulsos por práticas ilícitas aumentaram 300% de 2017 para 2018 no
estado, de acordo com dados da Controladoria Geral da União (CGU). O relatório foi publicado na segunda-feira (28). Também é o maior número de expulsões registrado na Bahia nos últimos cinco anos. Em 2018, foram 24 funcionários de órgãos federais expulsos.

No ano anterior, foram apenas seis expulsos. No total, atualmente, há 24.186 servidores ativos no estado. Em todo o País, no ano passado, foram punidos 643 agentes públicos. O principal motivo das expulsões foi a prática de atos relacionados à corrupção (65,8%). Já o abandono de cargo, inassiduidade ou acumulação ilícita de cargos vêm em seguida (25%). As outras razões que mais afastaram servidores são proceder de forma negligente e participar de gerência ou administração de sociedade privada. (Bahia.Ba)

Curta nossa Fan-Page

Postagem em destaque

PARABÉNS SÃO DESIDÉRIO