LEM
RIACHÃO DAS NEVES
Quinze agrotóxicos detectados na água que abastece Formosa do Rio Preto ~ Blog Barreiras Noticias || O Vlog do oeste da Bahia

quarta-feira, abril 17, 2019

Quinze agrotóxicos detectados na água que abastece Formosa do Rio Preto

Oito deles são associados a doenças crônicas como câncer, defeitos congênitos e distúrbios endócrinos.
Você pode consultar os dados da sua cidade neste link disponibilizado pela Agência Pública no projeto “Por Trás dos Alimentos”
O Alacror : Detectado em 3 testes.

O herbicida está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. O alacloro é classificado pela União Europeia como uma substância com evidências de causar distúrbios endócrinos, que afeta o sistema hormonal. Os sintomas da exposição ao agrotóxico são náusea, vômito e enjôo. Nos casos mais graves ocorrem colapso e coma.

Atrazina: Quatro detecções em 4 testes.
O herbicida está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. A atrazina é classificada pela União Europeia como uma substância com evidências de causar distúrbios endócrinos, que afeta o sistema hormonal.

Clornado: Três detecções em 3 testes
O agrotóxico está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. Já para a União Europeia, o pesticida é classificado como uma substância com evidências de causar distúrbios endócrinos, que afeta o sistema hormonal.

DDD+DDT+DDE Três detecções em 3 testes.
O agrotóxico está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso.  O inseticida foi também classificado pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC) como provavelmente carcinogênico para humanos. Estudo encontraram associações positivas entre a exposição ao DDT ao câncer testicular e câncer de fígado. Houve também fortes evidências experimentais de que o DDT pode afetar os sistemas imunológico e sexuais

Glicosato: Três detecções em 3 testes
O herbicida, que é o agrotóxico mais vendido no Brasil, está na lista da Pesticide Actions Network avaliado como Altamente Perigoso. Ele é classificado como provável cancerígeno pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC), entidade vinculada à Organização Mundial de Saúde.

Lindano: Três detecções em 3 testes.
O Lindano está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. Já para a União Europeia, o pesticida é classificado como uma substância com evidências de causar distúrbios endócrinos, que afeta o sistema hormonal

Trifuralina: Três detecções em 3 testes.
O herbicida está na lista da Pesticide Action Network (PAN)  avaliado como Altamente Tóxico. Já para a União Europeia, o pesticida é classificado como uma substância com evidências de causar distúrbios endócrinos, que afeta o sistema hormonal.

Diuron: Uma detecção em um teste realizado
O agrotóxico está na lista da Pesticide Action Network (PAN) classificado como Altamente Perigoso. A Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) avalia o Diuron como “reconhecidamente cancerígeno”.

Três deles são encontrados acimas dos níveis considerados seguro no Brasil. Considerando o níveis aceitáveis para União Europeia, este número sobe para 15.

Barreiras Notícias / Portal do Cerrado 

Curta nossa Fan-Page