Estado da Bahia terá política pública de iniciação esportiva para o futebol feminino

Neste segundo semestre, a Bahia terá um novo programa para o incentivo ao futebol feminino, com aulas de iniciação esportiva. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira, 26 de junho, pelo secretário do Trabalho e Esporte, Davidson Magalhães,
e pelo diretor geral da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), Vicente Neto, durante a Sessão Especial que debateu, no plenário da Assembleia Legislativa, o tema “Política de Valorização do Futebol Feminino”.

Segundo os gestores, o programa, que está em fase de construção, será o maior projeto de iniciação esportiva do futebol feminino já visto na Bahia. Para execução da nova política pública, a Setre e Sudesb buscarão parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e a Federação Baiana de Futebol (FBF). “Nosso compromisso é lançar esse importante programa ainda neste mês de julho”, adiantou o secretário Davidson Magalhães.
 O diretor da Sudesb, Vicente Neto, também informou ao público presente a realização, entre agosto e outubro próximos, da primeira edição da Copa Loreta Valadares, que irá reunir 20 equipes femininas da Região Metropolitana de Salvador. 

Na sua opinião, políticas públicas como as anunciadas e a realização de debate como o que aconteceu nesta quinta são “oportunidades para que seja dado um passo à frente no fortalecimento do futebol feminino”, afirmou. Ainda de acordo com o gestor, “se houver união e determinação entre os poderes Executivo, Legislativo e a iniciativa privada, é possível garantir mais investimento, inclusive para a iniciação esportiva”, disse.
 A Sessão Especial, uma iniciativa do mandato da deputada Olívia Santana, levou ao plenário um grande número de atletas e dirigentes esportivos, como as equipes femininas do Clube Vitória, de São Francisco do Conde e do Remo. Ainda na plateia, cerca de 15 crianças e jovens do projeto social Força Feminina, de São Francisco do Conde e que conta com o apoio da Sudesb, acompanharam atentas e com empolgação os pronunciamentos.

Também participaram da mesa da sessão as deputadas Jusmari Oliveira e Maria del Carmen; a treinadora da Seleção Brasileira Feminina de Futebol 7, a baiana Dilma Mendes, a apresentadora da TVE, Ayana Simões; o vice-presidente da FBF, Manfredo Lessa; a chefe de gabinete da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia, Daniele Costa; a presidenta nacional da Unegro, Ângela Guimarães; Lívia Almeida, coordenadora de Direitos Humanos da Defensoria Pública da Bahia, além das atletas Vanessa Silva (São Francisco do Conde Esporte Clube) e Tainara Silva (Clube Vitória).

Barreiras Notícias  /  Ascom Sudesb
Neste segundo semestre, a Bahia terá um novo programa para o incentivo ao futebol feminino, com aulas de iniciação esportiva. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira, 26 de junho, pelo secretário do Trabalho e Esporte, Davidson Magalhães, e pelo diretor geral da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), Vicente Neto, durante a Sessão Especial que debateu, no plenário da Assembleia Legislativa, o tema “Política de Valorização do Futebol Feminino”.

Segundo os gestores, o programa, que está em fase de construção, será o maior projeto de iniciação esportiva do futebol feminino já visto na Bahia. Para execução da nova política pública, a Setre e Sudesb buscarão parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e a Federação Baiana de Futebol (FBF). “Nosso compromisso é lançar esse importante programa ainda neste mês de julho”, adiantou o secretário Davidson Magalhães.
 O diretor da Sudesb, Vicente Neto, também informou ao público presente a realização, entre agosto e outubro próximos, da primeira edição da Copa Loreta Valadares, que irá reunir 20 equipes femininas da Região Metropolitana de Salvador. 

Na sua opinião, políticas públicas como as anunciadas e a realização de debate como o que aconteceu nesta quinta são “oportunidades para que seja dado um passo à frente no fortalecimento do futebol feminino”, afirmou. Ainda de acordo com o gestor, “se houver união e determinação entre os poderes Executivo, Legislativo e a iniciativa privada, é possível garantir mais investimento, inclusive para a iniciação esportiva”, disse.
 A Sessão Especial, uma iniciativa do mandato da deputada Olívia Santana, levou ao plenário um grande número de atletas e dirigentes esportivos, como as equipes femininas do Clube Vitória, de São Francisco do Conde e do Remo. Ainda na plateia, cerca de 15 crianças e jovens do projeto social Força Feminina, de São Francisco do Conde e que conta com o apoio da Sudesb, acompanharam atentas e com empolgação os pronunciamentos.

Também participaram da mesa da sessão as deputadas Jusmari Oliveira e Maria del Carmen; a treinadora da Seleção Brasileira Feminina de Futebol 7, a baiana Dilma Mendes, a apresentadora da TVE, Ayana Simões; o vice-presidente da FBF, Manfredo Lessa; a chefe de gabinete da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia, Daniele Costa; a presidenta nacional da Unegro, Ângela Guimarães; Lívia Almeida, coordenadora de Direitos Humanos da Defensoria Pública da Bahia, além das atletas Vanessa Silva (São Francisco do Conde Esporte Clube) e Tainara Silva (Clube Vitória).

Barreiras Notícias  /  Ascom Sudesb
Estado da Bahia terá política pública de iniciação esportiva para o futebol feminino Estado da Bahia terá política pública de iniciação esportiva para o futebol feminino Reviewed by Oeste Politica on sexta-feira, junho 28, 2019 Rating: 5