Governo projeta redução de 40% no preço do gás com quebra de monopólio da Petrobras

O Conselho Nacional de Política Energética ( CNPE ) divulgou, nesta segunda-feira, um plano estratégico para reduzir o preço do gás no país. O objetivo é promover o que o ministro da Economia, Paulo Guedes , chama de "choque de energia barata". De acordo com ele, as medidas preveem uma redução de 40% no preço do gás dentro de dois anos - o que equivale a um incremento de 8,46% no PIB da indústria.

Entre as propostas listadas está o mapeamento de trechos ociosos de gasodutos que podem ser operados pela iniciativa privada e a adesão, pelos estados, ao programa do governo. Eles poderão, voluntariamente, optar pela quebra do monopólio que detêm na distribuição do gás encanado, previsto pela Constituição. Segundo Paulo Guedes, governadores já manifestaram interesse:

Atualmente, a Petrobras é dona da maior parte dos gasodutos do país. Mesmo tendo vendido sua malha no Sudeste, a companhia manteve o carregamento e o direito de ocupá-los. Na prática, isso a mantém como única usuária das estruturas, ainda que, por lei, seu monopólio no mercado de gás tenha sido quebrado em 1997.

A indústria brasileira paga pelo gás cerca de US$ 13 pelo metro cúbico, segundo dados do Ministério de Minas e Energia (MME). Nos Estados Unidos, o produto custa pouco mais de US$ 3. Na Europa, o combustível custa cerca de US$ 7. Segundo o governo, a cada 10% de redução no preço do gás, o PIB industrial sobe 2,1%, o que promoverá o crescimento da economia como um todo.

Governo projeta redução de 40% no preço do gás com quebra de monopólio da Petrobras Governo projeta redução de 40% no preço do gás com quebra de monopólio da Petrobras Reviewed by CM on terça-feira, junho 25, 2019 Rating: 5

Postagem em destaque

Riachão das Neves: Festa de Sant’Ana foi linda.

A Festa de Sant’Ana foi linda. O público viveu momentos inesquecíveis de alegria e confraternização num evento de paz, feito para tod...