Eleito melhor professor do mundo, queniano quer profissão valorizada

No final de uma estrada poeirenta, na remota aldeia de Pwani, no centro do Quênia, trabalha entre paredes humildes e verdes campos de cultivo o primeiro africano reconhecido como melhor professor do mundo, Peter Tabichi.


Tabichi causou uma grande euforia no Quênia no último mês de março ao ganhar o prêmio Global Teacher Prize 2019, que lhe rendeu US$ 1 milhão (cerca de R$ 3,8 milhões).

Valorização dos professores

Ao receber a Agência Efe, Tabichi disse que tenta aproveitar a repercussão do prêmio para fazer uma defesa da valorização do trabalho dos professores e professoras no mundo todo.

"Os professores importam e podem ser grandes impulsores da mudança. Merecem o mesmo reconhecimento que médicos ou artistas", opinou.

"Não se trata apenas do sucesso acadêmico, mas também de fazer deles pessoas que possam se encaixar na sociedade, cidadãos globais", acrescentou sobre seus alunos este professor de 37 anos que, além de docente, é irmão franciscano.

Global e local

Embora possa parecer incongruente usar o adjetivo "global" em um lugar como a aldeia de Pwani — afastada, frequentemente castigada pela seca e assolada pela pobreza —, Tabichi usa tecnologia e métodos educacionais inovadores para ampliar o horizonte de seus alunos.

Este queniano, nascido no condado de Nyamira, cresceu no seio de uma família de docentes, "em um contexto muito humilde", e experimentou na própria pele os métodos obsoletos da educação tradicional, algo que encarou como um "desafio".
"Era uma educação mais baseada na teoria. Só podiam desenhar a flor ao invés de nos mostrar uma de verdade", lembrou Tabichi.

Ensinando com bom humor

Agora, no entanto, Tabichi brinca com seus alunos durante as aulas em salas simples de paredes de tijolos. Para ensinar os elementos da matéria, convida os alunos a se levantar, a vibrar ou permanecer paralisados como fariam diferentes tipos de partículas.

Barreiras Notícias  /  R7
Eleito melhor professor do mundo, queniano quer profissão valorizada Eleito melhor professor do mundo, queniano quer profissão valorizada Reviewed by Oeste Politica on terça-feira, julho 09, 2019 Rating: 5

Postagem em destaque

Riachão das Neves: Festa de Sant’Ana foi linda.

A Festa de Sant’Ana foi linda. O público viveu momentos inesquecíveis de alegria e confraternização num evento de paz, feito para tod...