Movimento sem-teto entra em loja da Havan e ‘paga’ compras com cheque simbólico

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) protestaram na manhã desta quinta-feira (4) em uma loja da Havan no Itaquá Garden Shopping, em Itaquaquecetuba na Grande SP.

Segundo informações da Folha de S. Paulo, os manifestantes vestiam roupas simples e bonés da Central Única dos Trabalhadores (CUT), destoanado dos frequentadores do centro de compras.

O alvo do grupo era o dono da rede varejista, Luciano Hang, empresário na linha de frente entre os apoiadores do governo Jair Bolsonaro (PSL), e favorável à reforma da Previdência.


De acordo com a Folha, a ação foi rápida. Os sem-teto chegaram pouco antes das 11h e encheram seus carrinhos com roupas, travesseiros, edredons e toalhas. Os funcionários da loja estranharam os clientes inusitados e acompanharam a ação.

Em seguida, os manifestantes se dirigiram aos caixas e, na hora de pagar, ergueram um cheque gigante, simbólico, no valor de R$ 168 milhões, em nome do “povo brasileiro”, “assinado” por Hang.

Em nota, a loja chamou a ação de ilegal e lamentável.
Movimento sem-teto entra em loja da Havan e ‘paga’ compras com cheque simbólico Movimento sem-teto entra em loja da Havan e ‘paga’ compras com cheque simbólico Reviewed by CM on sexta-feira, julho 05, 2019 Rating: 5