Barreiras-BA: Após 5 anos, exame de DNA comprova reconhecimento de ossada encontrada às margens da BR – 135

 O Departamento de Polícia Técnica recebeu o resultado de DNA comprovando que a ossada encontrada no mês de novembro de 2014, perto do condomínio residencial Copacabana, proximidades da ArcelorMittal, às margens da BR – 135, em Barreiras/BA, é do autônomo Reginaldo Alves Nogueira, natural de Riachão das Neves, onde o mesmo residia, na fazenda Estivinha.

A liberação do corpo de Reginaldo para sepultamento depende do comparecimento de sua irmã ao DPT, porque, segundo agentes da polícia científica, ela foi que solicitou realização do exame comprobatório.

Desaparecimento e localização
Na ocasião, o trabalhador rural Claudenilson Leite Silva informou ter encontrado o esqueleto perto de uma adutora da Embasa, no momento em que cortava capim para ração de animais do seu patrão. No mesmo período, na delegacia de Barreiras, a mãe de Reginaldo, a senhora Maria Alves Nogueira (falecida), declarou que seu filho havia desaparecido no dia 22/11/2014, ao receber alta do Hospital do Oeste, após ser transferido do hospital municipal de Riachão das Neves, onde passou mal.

Realização de DNA
Apesar dos restos mortais possuírem características da vítima, a identificação só seria possível através da coleta de amostras para execução do exame DNA. A análise foi realizada em laboratório do Departamento de Polícia Técnica, em Salvador/BA, que concluiu o laudo pericial cinco anos depois da morte. // Alô Alô Salomão
Barreiras-BA: Após 5 anos, exame de DNA comprova reconhecimento de ossada encontrada às margens da BR – 135 Barreiras-BA: Após 5 anos, exame de DNA comprova reconhecimento de ossada encontrada às margens da BR – 135 Reviewed by CM on segunda-feira, agosto 12, 2019 Rating: 5

Postagem em destaque

Riachão das Neves: Festa de Sant’Ana foi linda.

A Festa de Sant’Ana foi linda. O público viveu momentos inesquecíveis de alegria e confraternização num evento de paz, feito para tod...