LEM
Jovem que morreu ao ser atropelado e arremessado na BR-060 tinha ido ao local ajudar motorista de outro acidente, diz irmã - Blog Barreiras Noticias | Região Oeste - Bahia

Jovem que morreu ao ser atropelado e arremessado na BR-060 tinha ido ao local ajudar motorista de outro acidente, diz irmã


Com a intenção de ajudar as vítimas de um acidente que envolveu três carros na BR-060, o chacareiro Walisson Gomes Pereira, de 22 anos, morreu atropelado por um carro que não conseguiu frear. Um vídeo mostra o momento em que o carro sem controle invade o canteiro central da rodovia e atropela as vítimas (veja vídeo acima). Além dele, um idoso de 65 anos morreu atropelado pelo mesmo carro. O neto do idoso, que estava no colo dele, ficou gravemente ferido e mais três mulheres foram levadas para hospitais com ferimentos. Uma delas, grávida de oito meses, perdeu o bebê.

A sequência de acidentes que terminou com dois mortos e três feridos na BR-060, num trecho próximo a Alexânia, aconteceu na terça-feira (10) à tarde. O idoso dirigia um Fiat Cronos que derrapou na pista molhada e bateu em um HB20. Um Toyota Corolla que vinha em seguida não conseguiu frear e atropelou o chacareiro e o idoso que estavam em pé no canteiro central da rodovia.

Para a família de Walisson Gomes, a disposição em salvar vidas era a vocação do jovem que sonhava em ser policial rodoviário federal. O corpo do jovem foi enterrado nesta quinta-feira em Alexânia.

    “Ele era esforçado e muito prestativo. Na semana passada, ele ficou a semana inteira levando uma tia que precisava fazer uma cirurgia urgente em Goiânia. Ele estava lá ajudando as pessoas do acidente", desabafa a irmã, Loiane Gomes.

O jovem era o filho caçula de três irmãos. Depois de casar, ele se mudou para uma chácara às margens da BR-060 para ajudar o pai na criação de gado leiteiro. A irmã disse ainda que acidentes sempre acontecem naquele trecho, conhecido como "sete curvas", e Walisson saía sempre para ajudar as vítimas.

O idoso que morreu, Adaílton Alves Santana, de 65 anos, voltava de Goiânia para Brasília no dia do acidente. No momento do atropelamento, ele estava com o neto no colo aguardando resgate. A criança ficou gravemente ferida e está internada em um hospital de Brasília. Adaílton foi enterrado nesta quinta-feira (12) no Maranhão.

O motorista do Toyota Corolla, Ugton Batista da Silva, de 44 anos, e o passageiro do carro fugiram do local para dar entrada no Hospital de Alexânia, mas foram presos pouco tempo depois pela Polícia Militar. O motorista foi submetido a exame de bafômetro, cujo resultado foi negativo. O G1 não teve acesso à defesa do motorista.

Segundo a Polícia Civil, ele se recusou a prestar depoimento e segue detido no presídio de Águas Lindas. Ugton Batista é natural de São Paulo e respondia em liberdade por crime de estelionato, conforme a corporação.

 em G1 Goiás.

 
Jovem que morreu ao ser atropelado e arremessado na BR-060 tinha ido ao local ajudar motorista de outro acidente, diz irmã Jovem que morreu ao ser atropelado e arremessado na BR-060 tinha ido ao local ajudar motorista de outro acidente, diz irmã Reviewed by CM on 03:00 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS