Oeste da Bahia: Fábrica clandestina de bebida alcoólica é descoberta pela polícia

Uma fábrica clandestina de bebidas alcoólica foi descoberta pela polícia em Novo Horizonte, no Oeste da Bahia. O proprietário do comércio, identificado como Tadeu Ilan Silva Azevedo foi indiciado por adulterar produto  destinado a consumo. A ação final das insvestigações aconteceu no último dia 15 e divulgada nesta segunda (9).

De acordo com policiais, um mandado de busca apreensão foi realizado na fábrica suspeita, que passou por perícia. O material apreendido foi encaminhado por policiais para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), os agentes chegaram a conclusão que “o referido imóvel funcionava como uma fábrica de contrafação de bebidas alcoólicas”.

No eapaço alvo das investigações policiais era fabricada a bebida “Gengibre Veneza” comercializada em bares e mercados da região.

Após ação, o suspeito foi denunciado pelo Ministério Público por falsificar produto alimentício destinado a consumo, tornando-o nociva à saúde e distribuir produto falsificado, que resulta de 4 a 8 anos de reclusão, o acusado também indiciado pela prática de crime contra as relações de consumo, por “vender, ter em depósito para vender ou expor à venda ou, de qualquer forma, entregar matéria-prima ou mercadoria, em condições impróprias ao consumo, por esse crime, Tadeu pode ficar preso de 2 a 5 anos.
Foto: reprodução

(Bocão News)
Oeste da Bahia: Fábrica clandestina de bebida alcoólica é descoberta pela polícia Oeste da Bahia: Fábrica clandestina de bebida alcoólica é descoberta pela polícia Reviewed by CM on 09:19 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS