Agricultores vão investir R$ 2,5 mi para financiar 46 projetos sociais no oeste baiano

Ao todo, o Fundo vai investir 2,5 milhões em 13 municípios do oeste baiano


Em tempos difíceis como o atual, a esperança de dias melhores ressurge com uma boa notícia: os produtores rurais da Bahia farão um investimento recorde na área social.
Através do Fundo para o Desenvolvimento Integrado e Sustentável da Bahia (Fundesis), os doadores vão investir R$ 2,5 milhões para financiar 46 projetos sociais, em 13 municípios da região oeste. O valor é o maior já destinado em doações e, consequentemente, o número de obras contempladas também superou os editais anteriores.

O anúncio das entidades beneficiadas foi feito nesta segunda-feira (13), pelo Conselho Deliberativo do Fundesis, formado por representantes da Aiba e do Banco do Nordeste. Ao todo, 75 propostas foram submetidas, das quais 46 foram aprovadas. Estas podem receber até R$ 80 mil, cada uma, para serem investidos em projetos sociais nas áreas de saúde, educação, cultura, esporte, agricultura sustentável, segurança, inclusão digital, capacitação profissional e empreendedorismo.

Os recursos serão repassados às entidades sem fins lucrativos responsáveis pela execução dos projetos, e a aplicação do dinheiro será fiscalizada pela coordenadora do Fundo, para garantir a transparência a lisura e transparência do processo.

“Além do montante destinado a cada projeto de construção, reforma ou aquisição de móveis e equipamentos, devemos levar em conta que será uma injeção na economia daquele município, pois a obra vai impulsionar o mercado da construção, tanto de insumos como de mão de obra e mobiliário. Isso acaba ampliando ainda mais o número de beneficiados, pois estes não se limitam ao público atendido pela entidade social, e sim toda aquela comunidade”, salientou Makena Thomé, coordenadora do Fundesis.

Segundo ela, o diferencial deste edital é que além das instituições urbanas, muitas comunidades rurais foram contempladas e poderão se equipar melhor para aumentar sua produtividade, gerando mais emprego e renda. “Como podem ver, os benefícios são em cadeia, de uma ponta a outra dos envolvidos”, observou.

O presidente do Fundo, Celestino Zanella, lamentou não poder financiar todos os projetos inscritos, mas avalia positivamente poder contribuir com mais de 60% deles. Ele fez um chamamento à sociedade: “sempre haverá mais projetos do que recursos, mas nós temos feito o que podemos. Se cada um fizer a sua parte nós iremos muito mais longe. Já fico muito feliz em saber que o agricultor, além de sua missão de produzir alimentos, tem feito muito pelo social”, comemorou, ao pontuar outras frentes que a categoria tem atuado, a exemplo das doações ao Comitê de Combate ao Coronavírus e as consecutivas intervenções no Hospital do Oeste, através do ingresso solidário da Bahia Farm Show.

Criado por produtores rurais do Oeste da Bahia, através da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) em parceria com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), e gerido pelo Instituto Aiba, o Fundesis é mantido com doações voluntárias dos agricultores, que deixam uma quantia quando realiza operação de custeio junto à entidade financeira. Em quase 14 anos, o Fundo já investiu R$ 4,7 milhões na região.

Confira a relação de entidades beneficiadas no site do Iaiba:


http://aiba.org.br/wp-content/uploads/2020/04/PROJETOS-APROVADOS-2020-.pdf



Barreiras Notícias  /  Ascom AIBA
Agricultores vão investir R$ 2,5 mi para financiar 46 projetos sociais no oeste baiano Agricultores vão investir R$ 2,5 mi para financiar 46 projetos sociais no oeste baiano Reviewed by Jbarreiras on 03:54 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS