Com metralhadora na mão, Roberto Jefferson pede para Bolsonaro demitir ministros do STF

Novo aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ex-deputado federal  e mandatário do PTB, Roberto Jefferson, sugeriu que o presidente Jair Bolsonaro “demita” ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e casse concessões do grupo Globo.

“Bolsonaro, para atender o povo e tomar as rédeas do governo, precisa de duas atitudes inadiáveis: demitir e substituir os 11 ministros do STF, herança maldita. Precisa cassar, agora, todas as concessões de rádio e TV das empresas concessionárias Globo. Se não fizer, cai”, disse por meio do Twitter.

Na postagem em que ostenta a arma, Roberto Jefferson escreveu:  “Estou me preparando para combater o bom combate. Contra o comunismo, contra a ditadura, contra a tirania, contra os traidores, contra os vendilhões da Pátria. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos”.

Roberto Jefferson foi condenado pelo STF em 2012 a sete anos de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A pena começou a ser cumprida em 2014. Em março de 2016, o relator dos processos do mensalão no STF, ministro Luís Roberto Barroso, concedeu indulto a seis condenados, entre eles Jefferson.
Com metralhadora na mão, Roberto Jefferson pede para Bolsonaro demitir ministros do STF Com metralhadora na mão, Roberto Jefferson pede para Bolsonaro demitir ministros do STF Reviewed by CM on 11:27 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS