Com menos de uma semana no cargo, ministro da Educação pede demissão

Carlos Alberto Decotteli não é mais ministro da Educação. O professor teve encontro com o presidente Jair Bolsonaro e selou seu destino na tarde desta terça-feira, 30.

Carlos Alberto Decotteli não é mais ministro da Educação. O professor teve encontro com o presidente Jair Bolsonaro e selou seu destino.

O pedido de demissão foi comunicado ao chefe do Executivo na tarde desta terça-feira, 30. Decotelli ficou no cargo por menos de uma semana.

Contra o ministro pesou o conjunto de informações falsas e questionáveis incluídas em seu currículo acadêmico, além de uma acusação de plágio numa dissertação de mestrado.

Ontem a Fundação Getúlio Vargas (FGV) afirmou que Decotteli não atuou como pesquisador ou professor da instituição. O reitor da Universidade de Nacional de Rosário, Franco Bartolacci, também disse que o ministro não tinha doutorado.

“Nos vemos na necessidade de esclarecer que Carlos Alberto Decotelli da Silva não obteve na Universidad Nacional de Rosario o título de Doutor mencionado nesta publicação”, ressaltou Bartolacci em sua conta oficial no Twitter.
Com menos de uma semana no cargo, ministro da Educação pede demissão Com menos de uma semana no cargo, ministro da Educação pede demissão Reviewed by Jbarreiras on 01:08 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS