Toffoli dá 48 horas para Justiça da Bahia enviar informações sobre saúde de Geddel

Defesa do ex-ministro pediu concessão de prisão domiciliar em razão da pandemia do novo coronavírus. Ministro do STF decidiu que informações devem ser enviadas 'com urgência'.

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu 48 horas para a Vara de Execuções Penais da Bahia enviar informações sobre a saúde do ex-ministro Geddel Vieira Lima.

Geddel está preso desde 2017. Inicialmente, o ex-ministro ficou na Papuda, em Brasília (DF), e em dezembro de 2019 foi transferido para a Bahia.

A defesa do ex-ministro pediu a concessão de prisão domiciliar em razão da pandemia do novo coronavírus.

Ao analisar o caso, Toffoli, então, pediu à Justiça da Bahia que informe com "urgência" o quadro de saúde de Geddel.

Covid-19

No último dia 9, a defesa de Geddel informou que ele foi diagnosticado com covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Depois, a defesa relatou que a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP) da Bahia divulgou uma nota informando que o segundo exame de Geddel deu resultado negativo.

"A indefinição diagnóstica, diante do resultado positivo de um exame e negativo de outro, sinaliza para a necessidade de concessão da prisão domiciliar, pois, ainda que não esteja infectado, a sua permanência no ambiente prisional ocasionará, por certo, a contaminação. E, registre-se, as consequências da infecção podem ser trágicas e até letais para quem integra o grupo de risco", afirmou a defesa.

Barreiras Notícias  /  G1
Toffoli dá 48 horas para Justiça da Bahia enviar informações sobre saúde de Geddel Toffoli dá 48 horas para Justiça da Bahia enviar informações sobre saúde de Geddel Reviewed by Jbarreiras on 05:05 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS