Construção civil questiona origem de alta no preço do cimento

 

O setor da construção civil se organiza para questionar o aumento no preço do cimento durante a pandemia. Entidades da construção estão fazendo um levantamento para identificar movimento padronizado nos avisos de reajustes enviados por cimenteiras no último mês. A reação reúne construtoras, incorporadoras e trabalhadores. “Só pode ter sido proposital [o aumento]”, afirma Antonio Ramalho, presidente do Sintracon-SP (sindicato dos trabalhadores).

Levantamento da CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) com 426 construtoras de 25 estados aponta que 95% receberam alta no cimento após o início da pandemia. Cerca de 66% delas relataram aumento de até 10%, e 28%, acima de 10%.

Em outra frente, o Procon-SP, que foi acionado pelo setor com as queixas dos reajustes, notificou as cimenteiras. Procurado pela coluna, o Snic (sindicato da indústria do cimento) não comenta.

Painel SA/Folha de S.Paulo

Construção civil questiona origem de alta no preço do cimento Construção civil questiona origem de alta no preço do cimento Reviewed by CM on 04:13 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS