Excelência em vacinas, SUS e voluntários tornam Brasil laboratório mundial da corrida contra o coronavírus

  

Ainda que o coronavírus comece a dar um pequeno sinal de que os contágios no Brasil se multiplicam em menor velocidade, ainda causa por dia 1.000 mortes e por volta de 50.000 contágios. Como costumam lembrar alguns divulgadores científicos, é como se a cada 24 horas caíssem três aviões cheios de brasileiros. Mas a virulência do surto, o segundo pior do mundo após os Estados Unidos, tem outro efeito. É um dos fatores que transformaram o Brasil em um atrativo laboratório para os cientistas e empresas envolvidos na frenética corrida para conseguir uma vacina da covid-19. Quatro delas estão sendo testadas nesse país de território continental e 210 milhões de habitantes.


A constante sabotagem do presidente Jair Bolsonaro aos esforços iniciais dos governadores para tentar conter o vírus causou uma crise sanitária em que os Estados há tempos deixaram de agir de maneira coordenada. O resultado são 114.000 mortos e mais de 3,5 milhões de infectados desde a detecção do primeiro caso, logo após o Carnaval. São números expressivos, ainda que a ausência de testes maciços à população indique que a subnotificação é enorme. Com os números oficiais, a taxa de falecidos é menor do que a de vários países da região e europeus.


Excelência em vacinas, SUS e voluntários tornam Brasil laboratório mundial da corrida contra o coronavírus Excelência em vacinas, SUS e voluntários tornam Brasil laboratório mundial da corrida contra o coronavírus Reviewed by Jbarreiras on 01:02 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS