Projeto do MP busca conscientizar homens sobre violência contra mulheres

Com objetivo de convocar os homens para o diálogo e conscientização que contribua para combater a violência contra a mulher, o projeto do Ministério Público da Bahia (MP-BA) “Luto por elas” surgiu no carnaval deste ano e iniciou sua atuação nas redes sociais, a partir do instagram @lutoporleas2020.


De acordo com a coordenadora do Grupo de Defesa da Mulher e da População LGBT (Gedem) no MP-BA, promotora Sara Gama, em entrevista na manhã desta segunda-feira, 7, para o ‘Isso é Bahia’, na rádio A TARDE FM, o Luto por Elas surgiu a partir de um outro projeto que o Ministério Público encabeçou no carnaval deste ano.


“Neste carnaval de 2020 o MP-BA encabeçou a campanha do ‘Não é não’, por conta das importunações sexuais que são muito comuns na época do carnaval. A partir dali quando comecei a perceber isso e tive acesso a blocos de homens, como Muquiranas e Gandhi, eu percebi deles que tiveram um comportamento muito repetitivo, mas que aceitavam serem chamados para conversar. A partir do carnaval a gente começou a pensar em trazer um projeto”, disse a promotora.


A ideia do projeto é oferecer assistência psicológica para os homens acusados de violência doméstica: “A gente observa que o homem age de forma violenta porque foi aquilo que ele aprendeu, ele está refletindo uma experiência que ele vivênciou. Ele viu o pai dentro de casa fazer isso, aprendeu com as releções de amizade. A gente pensa em, dentro do bojo da lei, fazer justamente esse chamamento para reflexão”.


Com a pandemia do novo coronavírus e a recomendação de isolamento social, a promotora Sara Gama disse que a equipe optou por iniciar o projeto no Instagram, em uma tentativa dele não ficar guardado. “Diariamente colocamos notícias lá, conceitos, conteúdo para conversar com as pessoas”, pontuou.


Pesquisa


A promotora também destacou uma entrevista de 2016 do Instituto Avon que, segundo ela, foi crucial para definir a atuação do MP-BA no ‘Luto por elas’. “A partir do carnaval a gente começou a pensar em trazer um projeto para o Ministério Público da Bahia, só que nós tínhamos uma dificuldade. Há uma pesquisa de 2016 do Instituto Avon que trata da desconstrução do machismo. Esta pesquisa envolveu cerca de mil pessoas entrevistas, entre homens e mulheres”, comentou Sara Gama.


“Depois que essa pesquisa foi lançada a gente teve umas respostas sensacionais. Por exemplo, 88% dos entrevistados reconheceram que existe desigualdade de gênero no país e que as mulheres são as maiores vítimas. Diante desta resposta a gente viu que já existe um campo favorável para discutir com os homens e vamos fazer isso aqui na Bahia”, completou.


Como denunciar


Por conta da pandemia da Covid-19 e sem atendimento presencial, a promotora Sara Gama informou que existem três formas de uma mulher realizar uma denúncia, que podem ser por meio de telefone gratuito (0800 6424577), e-mail (gedem@mpba.mp.br) e o disk 180.


“Quando a mulher liga para o 180, imediatamente eles remetem a notícia para nossa Ouvidoria, que nos reporta e abrimos procedimento para saber a situação da vítima”, finalizou a promotora. 


Barreiras Notícias  /  A Tarde

Projeto do MP busca conscientizar homens sobre violência contra mulheres Projeto do MP busca conscientizar homens sobre violência contra mulheres Reviewed by Jbarreiras on 05:56 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS