Cantora barreirense é premiada em Festival no Rio de Janeiro

 

Tatty Lacerda conseguiu um feito memorável no último sábado (19). Como intérprete da música “Páginas desviradas”, composta pelo poeta Clebert Luiz, a cantora alcançou o segundo lugar no XXVII Festival Antense da Canção -Troféu Sá Marina, vitória importante para a música do Oeste da Bahia. E foi para falar sobre essa premiação e sobre sua trajetória musical, que a cantora concedeu uma entrevista exclusiva ao Canal do Fala Barreiras no Youtube.


A cantora barreirense conquistou o público


A música poética e a voz marcante de Tatty conquistou os jurados e o público, que se encantaram com a delicadeza da música e a beleza da voz da cantora barreirense. Mas, apesar do seu desempenho como cantora e intérprete, Tatty nunca imaginou que iria alcançar a final do Festival Carioca.


“Eu fiquei um pouco desacreditada por causa do vídeo. Nosso vídeo foi caseiro e, assistindo (o festival), você pode perceber que tinha muito vídeo bem produzido (…) Mas o festival é de música, não é de vídeo, e a música do Clebert é maravilhosa”, declarou Tatty, ressaltando a beleza da música que ela interpretou durante o festival.


O envio do vídeo foi necessário porque o evento era online. As edições anteriores do Festival Antense da Canção ocorreram na cidade de Sapucaia, Rio de Janeiro. Porém, em função da pandemia do novo coronavírus, o evento aconteceu de forma online e permitiu a participação de músicos de todo Brasil, incluindo a cantora barreirense.


Com esse prêmio, Tatty mostra mais uma vez que Barreiras também é uma terra de cultura, arte e talento. Barreirense e amante da música, a cantora nunca fez aulas de canto, mas desde cedo sempre esteve envolvida no mundo musical. Segundo a cantora, atualmente ela faz parte do grupo de canto da Igreja São Francisco de Assis e ainda se dedica à Roda dos Amantes do Samba, projeto do Instituto São Francisco de Cultura (ISFAC).


A voz de Tatty Lacerda é tão marcante que até mesmo Roberto Menescal, um dos maiores músicos do Brasil e um dos fundadores do movimento bossa nova, se maravilhou com suas interpretações musicais.


Uma parceria de sucesso


Porém, é importante lembrar que essa premiação nunca teria ocorrido se não fosse a parceria entre Tatty Lacerda e Clebert Luiz, outro artista barreirense com muito talento. De acordo com a cantora, ambos se conheceram em 2005, quando Tatty fazia parte de uma peça teatral promovida pelo próprio Clebert. Após esse encontro, o poeta a convidou para interpretar suas músicas, iniciando uma parceria que dura até hoje.


Vale lembrar que Clebert Luiz já publicou três livros de poemas (Barreiras: Um Salto Poético, Nova Safra, Novas Folhas e Rodeios e Interiores), sendo que os dois primeiros em coautoria com Lafaiete Luiz e Carlos Ábdon. Além disso, o poeta escreveu cerca de 40 letras de música para o magnífico violonista e compositor Paulo Gabiru. E foi esse talentoso artista barreirense o responsável pela letra da música interpretada por Tatty Lacerda, que encantou todo o Brasil.


“A música dele é perfeita, muito bem composta e eu fiquei muito feliz por ter interpretado essa música e por ter recebido essa premiação”, ressaltou Tatty.


Apesar da premiação, Tatty declarou que ainda não tem planos para o futuro como cantora, já que nunca teve a pretensão de cantar profissionalmente, mas declarou estar aberta às oportunidades que surgirem a partir dessa competição. Além disso, ela agradeceu a todos aqueles que votaram durante o Festival e que a apoiaram nessa conquista.


Confira, no vídeo abaixo, a entrevista completa com a cantora Tatty Lacerda.


Barreiras Notícias  / Fala Barreiras
Cantora barreirense é premiada em Festival no Rio de Janeiro Cantora barreirense é premiada em Festival no Rio de Janeiro Reviewed by Jbarreiras on 05:22 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS