Padrasto é preso por estuprar enteada por cerca de 8 anos; ele ameaçava vítima com armas para não ser denunciado

Um homem foi detido por mandado de prisão preventiva por estuprar e ameaçar a enteada durante cerca de oito anos. Os crimes aconteciam em Juazeiro, cidade ao norte da Bahia, mas o suspeito foi preso no povoado de Nova Descoberta, que fica em Petrolina (PE), município vizinho.

A vítima denunciou o caso à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Juazeiro em 2018, mas o suspeito só foi preso nesta semana. Segundo a polícia, ele abusou sexualmente da enteada dos 13 aos 21 anos de idade dela.

Para garantir que não seria denunciado, ele ameaçava a vítima de morte, com facas e uma arma de fogo. O suspeito também não permitia que a garota fizesse amizades com outras pessoas e costumava buscá-la na escola. 

Dias antes do registro da ocorrência ser feito na Deam, a vítima percebeu que ele planejava matá-la. Foi então que ela criou coragem e procurou a delegacia para registrar queixa. Lá, ela prestou depoimento e passou por exames de corpo de delito.

Medidas cautelares também foram determinadas pela Justiça na época, junto com o mandado de prisão do suspeito, expedido pela Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher da Comarca de Juazeiro, mas o homem só foi encontrado pela polícia recentemente.

O suspeito preso não teve nome divulgado pela polícia. Ele segue detido e está à disposição da Justiça. Ele deve responder por estupro de vulnerável, já que a vítima tinha menos de 18 anos quando os crimes começaram.

 G1 Bahia

Padrasto é preso por estuprar enteada por cerca de 8 anos; ele ameaçava vítima com armas para não ser denunciado Padrasto é preso por estuprar enteada por cerca de 8 anos; ele ameaçava vítima com armas para não ser denunciado Reviewed by CM on 08:21 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS