Juíza manda prender pastor da Assembleia de Deus que pregava ao ar livre

  

Um pastor auxiliar da Igreja Assembleia de Deus em Coroatá, chamado Natanael Diogo, foi preso nesta terça-feira (10) por ordem da juíza Anelise Nogueira Reginato, da cidade de Coroatá, no interior do Maranhão. Ela teria se incomodado com a caixa de som usada pelo pastor que estava promovendo um evangelismo de rua.


A juíza teria reclamado do som que era produzido pelo culto ao ar livre e o pastor teria baixado o volume para não perturba-la. Ainda assim, o pastor acabou sendo levado pela polícia juntamente com uma mulher que participava do culto naquele momento.


O Anúncio termina em 17s


O fato teria ocorrido por volta das 19h00, próximo da casa da magistrada que sentiu-se incomodada pelo culto realizado pela denominação evangélica. O pastor afirma que a magistrada pediu para que o volume do som fosse reduzido e ele obedeceu, mas ela retornou por acreditar que haviam alterado o volume novamente.


“Eu saí, mandei o sonoplasta abaixar o som, quando de repente ela entendeu que nós abaixamos o som e voltamos a aumentar novamente. Imediatamente chegaram os policiais constrangidos”, disse o pastor.


De acordo com a rádio Esperança 100.9, a Convenção Estadual das Assembleias de Deus no Maranhão (CEADEMA) condenou em nota a atitude arbitrária e intolerante da magistrada. Natanael Diogo registrou boletim de ocorrência na delegacia de Coroatá por conta do abuso sofrido.


Membros da igreja relatam que o pastor foi conduzido para a delegacia e permaneceu no local por cerca de uma hora e meia, sendo liberado por falta de um delegado. Na manhã desta quarta, 11 de novembro, o pastor teria voltado à delegacia para esclarecer o fato.


Uma manifestação em apoio ao pastor foi organizada na cidade questionando a atitude da magistrada, que foi vista como um ato de “intolerância religiosa”. O pastor Pedro Aldir Damasceno, presidente da CEADEMA, enviou um advogado para acompanhar o caso.


Barreiras Notícias  /  Gospel Prime

Juíza manda prender pastor da Assembleia de Deus que pregava ao ar livre Juíza manda prender pastor da Assembleia de Deus que pregava ao ar livre Reviewed by Jbarreiras on 05:42 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS