html image example
Alan Sanches condena mudança de nome de escolas estaduais: “PT quer apagar o legado de grandes personalidades” ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

O deputado estadual Alan Sanches (DEM) condenou a mudança de cinco escolas da rede estadual e avaliou que o PT quer apagar, com essa atitude, grandes personalidades baianas apenas por serem opositores. Das cinco unidades de ensino, quatro eram em homenagem à família Magalhães, do prefeito ACM Neto (DEM).

“Merece até uma moção de repúdio, pois se trata de uma pequenez. Se querem colocar seus nomes, que construam novos equipamentos educacionais e batizem com personalidades que deixaram seus legados”, disparou, ao salientar que “gostando ou não, o ex-deputado federal Luís Eduardo Magalhães, que chegou a presidir a Câmara, e o ex-governador e ex-senador Antônio Carlos Magalhães deixaram um grande legado na história da Bahia. E não será retirando os nomes que o PT vai apagar a memória do povo. Afinal, a memória da população se constrói dia após outro e não com essa perseguição sem sentido. A população baiana dará uma grande resposta ao governador Rui Costa, que demonstra tamanha mesquinhez com essa atitude que merece repúdio”.

As portarias foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) de quarta-feira (23), assinadas pelo secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues. Com a medida, três escolas nomeadas como Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães (Celem) foram atingidas. A unidade de Malhada passará a se chamar Colégio Estadual Rosalvo Oliveira Souza, a de Boquira será denominada como Colégio Estadual de Boquira e a de Fátima, como Colégio Estadual Paulo Freire.

Já no município de Várzea da Roça, o Colégio Estadual Governador Antônio Carlos Magalhães passará a ser chamado de Colégio Estadual Professora Adélia Mendes.

Voz da Bahia