Mandetta diz que não haverá vacina para todos e será preciso priorizar grupos

  O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta disse nesta sexta-feira (11), em entrevista à GloboNews, que o Brasil precisa apostar em toda e qualquer vacina disponível, mas mesmo assim o ano de 2021 ainda será de luta contra a Covid-19.

 "Não vai ter (vacina) para todo mundo, nós vamos atravessar 2021 inteiro lutando com isso", disse Mandetta.

O ex-ministro defende que, diante da escassez, será preciso paulatinamente oferecer a vacina para os grupos prioritários. 

 Estamos perdendo médico e enfermeiro, pelo menos vacine esse pessoal que vai poder cuidar. (...) Se não tem para todo mundo, vacine acima de 80, depois entre 70 e 80. Vacine as capitais, os grandes conglomerados. Agora, pegar um plano apresentando um recorta e cola da vacina da gripe?”, afirmou.

Mandetta cobrou planejamento para que sejam aproveitados os potenciais da vacina oferecida por cada fabricante.

 "Se for nessa improvisação, eu imagino que a gente vai atravessar o primeiro e o segundo semestre apagando incêndio. Vai chegar um lotinho de vacina aqui, outro ali", disse.

 

Fonte: G1

 

Mandetta diz que não haverá vacina para todos e será preciso priorizar grupos Mandetta diz que não haverá vacina para todos e será preciso priorizar grupos Reviewed by CM on 02:17 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS