Um cientista membro da missão investigativa da Organização Mundial da Saúde em Wuhan afirmou que a hina se recusou a fornecer dados completos à equipe da OMS que foi ao país investigar as origens da pandemia.O microbiologista Dominic Dwyer disse à Reuters, ao Wall Street Journal e ao The New York Times que a equipe da OMS pediu dados brutos sobre os primeiros casos de covid-19 reportados no país, o que ele chamou de “uma prática padrão”.

Em resposta, disse Dwyer, só receberam um resumo dos casos. A China não respondeu à acusação, mas o governo do país tem dito que tem sido transparente com a OMS. Os EUA instaram a China a disponibilizar os dados dos estágios iniciais da pandemia, afirmando ter “profundas preocupações” com a questão. (BNews)