• Girl in a jacket
  • Girl in a jacket
  • Jamaicano é resgatado após ficar à deriva por 36 horas no Atlântico ~ Blog Barreiras Noticias | Modesto Repóter

     

    Na última sexta-feira (12), o jamaicano Orville Lyons foi resgatado por pescadores em alto-mar, próximo à cidade de Fort Pierce, na Flórida, nos Estados Unidos, depois de ficar à deriva por 36 horas no Oceano Atlântico.

    Segundo o UOL, Lyons estava navegando em um barco na companhia de outros seis tripulantes até que a embarcação virou na noite da última quarta-feira (10). A suspeita é de que o comandante estava bêbado no momento do acidente.

    A Guarda Costeira dos Estados Unidos havia suspendido as buscas pelos desaparecidos na última segunda-feira (15), depois que nenhum deles foi encontrado durante 140 horas.

    De acordo com a WPBF, o resgate de Orville aconteceu assim que ele foi avistado pelos pescadores agarrado na ponta do que sobrou da embarcação naufragada.

    Chase Cornell, capitão do barco de pesca, descreveu o momento emocionante em que percebeu o jamaicano. “À medida que nos aproximamos, vi o cavalheiro levantar a mão e começar a acenar para mim”, disse ele, segundo a ABC News. E foi quando eu soube que não estávamos mais pescando. Na verdade, estávamos lá para resgatar alguém”, continuou.

    Cornell e sua tripulação resgataram o jamaicano, que estava fraco e falou que havia partido de Bimini, Bahamas, cerca de dois dias antes. “Sua pele estava realmente queimada. Suas roupas estavam encharcadas [de água do mar] e encharcadas de gasolina [do barco]”, contou Chase.

    Os pescadores limparam o sobrevivente com água doce e sabão e o envolveram em cobertores enquanto esperavam a chegada da Guarda Costeira. O órgão informou que Lyons se recupera em um hospital.

    Orville relatou que que planejava ir das Bahamas até os Estados Unidos e estava à bordo com dois bahamenses, três guianenses e dois jamaicanos. O sobrevivente ainda revelou que o comandante da embarcação ficou bêbado após consumir uma garrafa de licor e caiu no mar. Ele era o único que sabia pilotar o barco, que perdeu estabilidade e naufragou.

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ