A morte de Flávio Alves de Souza, de 26 anos, travesti que usava o prenome de “Pojuca” da cidade de Ribeira do Pombal em Araci nesta sexta-feira (12) aconteceu após uma discussão com um suposto cliente,

que se recusou a pagar o programa, segundo apurou a Voz do Campo. 

De acordo com as informações, após a discussão que ocorreu fora do motel onde aconteceu o programa por volta das 5h da manhã, o travesti foi golpeado com faca. 

Ainda de acordo com as informações, pessoas que passavam próximo ao local presenciaram o travesti esfaqueado e deram socorro. “Pojuca” chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal com perfurações no tórax, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.
 
Macaubense life